Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 10 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

|

A força do Interior

O relatório sobre o PIB dos municípios mostra bem a força da economia paulista diversificada em seus polos regionais


Wilson Marini

20/12/2009 | 00:00


O relatório sobre o PIB (Produto Interno Bruto) dos municípios, da Fundação Seade e IBGE, mostra bem a força da economia paulista diversificada em seus polos regionais. No ranking dos 30 maiores do País, além da Capital, 11 são do Estado de São Paulo: Guarulhos, Campinas, São Bernardo, Barueri, Osasco, Santos, São José dos Campos, Jundiaí, Santo André, Ribeirão Preto e Sorocaba. Os destaques vão para Campinas (3º lugar) e São Bernardo (4º), que avançaram uma posição no ranking estadual devido ao recuo de Barueri. Jundiaí subiu duas posições, de 11º para 9º lugar, à frente de Santo André e Ribeirão Preto. O crescimento mais expressivo é o de Louveira, que arrancou de 28 para 19. Entre os municípios paulistas em ascensão, Campinas entrou para o ranking dos dez maiores no País e Sorocaba para o ranking dos 30. São Bernardo passou do 15º lugar para 12º e São José dos Campos do 22º para o 21º. No ranking dos 20 maiores do Estado, também se destacam os municípios de São Caetano, Diadema, Piracicaba, Taubaté, São José do Rio Preto, Paulínia, Louveira e Cubatão. A pesquisa completa pode ser lida no site www.seade.gov.br, da Fundação Seade.

A ‘locomotiva'
A capital paulista sozinha representa 12% do PIB nacional. Supera todos os Estados brasileiros individualmente, exceto São Paulo devido justamente à grandeza da sua Região Metropolitana e do Interior Paulista. E mais: o PIB paulistano é superior ao de toda a Região Norte e ao do Centro Oeste e representa 92% do PIB do Nordeste.

Merenda
O escândalo da merenda terceirizada resultou em pelo menos uma ação por improbidade no Interior Paulista. Há um pedido de liminar para que o prefeito de Limeira, a empresa SP Alimentação e mais oito pessoas devolvam R$ 52 milhões. O assunto foi manchete do Jornal de Limeira.

Prefeitos
José Serra não fala em candidatura, mas há distribuição de verbas do Palácio dos Bandeirantes aos prefeitos cercada com protocolo de período eleitoral. A última cerimônia do gênero reuniu cinco prefeitos (Guapiara, Itaberá, Elisiário, Cerqueira César e Ibiúna) em cerimônia coordenada pelo subsecretário da Casa Civil, Rubens Cury, articulador político no Interior. Ao todo, saíram com R$ 900 mil para a compra de equipamentos e obras de infraestrutura. Em 2010, a estratégia comandada pelo secretário Aloysio Nunes Ferreira prevê repasse de R$ 760 milhões às prefeituras - porção generosa, considerando-se que mais da metade do valor destinado em toda a atual gestão.

Tema sensível
A degradação da segurança pública é um assunto recorrente na tribuna da Assembleia Legislativa de São Paulo, mas geralmente levantada pela oposição. Desta vez um deputado do PSDB é quem engrossa o coro e apela ao governador Serra. Pedro Tobias disse estar "muito preocupado" com onda de assaltos em Bauru. "São tão corriqueiros que uma senhora teve sua casa assaltada duas vezes na semana", reclamou.

Cidadania do Interior
Todas as quartas-feiras, das 12h às 13h, qualquer pessoa pode ocupar a tribuna da Assembleia Legislativa de São Paulo para fazer denúncias e reivindicações. Basta se inscrever 15 minutos antes. O espaço serve de eco para demandas até de associações de bairros. Mas a maioria das entidades participantes é quase sempre de cidades da Região Metropolitana. A presença do Interior é quase nula. Deputados consultados dizem que o motivo não é a distância geográfica, mas desconhecimento.

Hora de agir
A publicação hoje de artigo em conjunto pela Rede Paulista de Jornais (O planeta em perigo) é uma convocação para agir diante dos efeitos regionais provocados pelo aquecimento global, mas também uma demonstração da crença no poder da ação em rede quando há busca por soluções de interesse comum.

Opinião do leitor
José A. Vidal, aposentado de São José do Rio Preto, manda sua contribuição sobre a nota ‘O que comer na segunda-feira', de domingo último. Para ele, a carne bovina brasileira caiu a um nível "insuportável" e nunca esteve tão ruim. Menciona que comprou um filé em supermercado que "deveria ser de boi esclerosado que nunca lambeu uma pedra de sal ou de vaca velha vendida como carne de boi". "Os consumidores precisam reagir e recusar produtos com tão péssima qualidade", conclama.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

A força do Interior

O relatório sobre o PIB dos municípios mostra bem a força da economia paulista diversificada em seus polos regionais

Wilson Marini

20/12/2009 | 00:00


O relatório sobre o PIB (Produto Interno Bruto) dos municípios, da Fundação Seade e IBGE, mostra bem a força da economia paulista diversificada em seus polos regionais. No ranking dos 30 maiores do País, além da Capital, 11 são do Estado de São Paulo: Guarulhos, Campinas, São Bernardo, Barueri, Osasco, Santos, São José dos Campos, Jundiaí, Santo André, Ribeirão Preto e Sorocaba. Os destaques vão para Campinas (3º lugar) e São Bernardo (4º), que avançaram uma posição no ranking estadual devido ao recuo de Barueri. Jundiaí subiu duas posições, de 11º para 9º lugar, à frente de Santo André e Ribeirão Preto. O crescimento mais expressivo é o de Louveira, que arrancou de 28 para 19. Entre os municípios paulistas em ascensão, Campinas entrou para o ranking dos dez maiores no País e Sorocaba para o ranking dos 30. São Bernardo passou do 15º lugar para 12º e São José dos Campos do 22º para o 21º. No ranking dos 20 maiores do Estado, também se destacam os municípios de São Caetano, Diadema, Piracicaba, Taubaté, São José do Rio Preto, Paulínia, Louveira e Cubatão. A pesquisa completa pode ser lida no site www.seade.gov.br, da Fundação Seade.

A ‘locomotiva'
A capital paulista sozinha representa 12% do PIB nacional. Supera todos os Estados brasileiros individualmente, exceto São Paulo devido justamente à grandeza da sua Região Metropolitana e do Interior Paulista. E mais: o PIB paulistano é superior ao de toda a Região Norte e ao do Centro Oeste e representa 92% do PIB do Nordeste.

Merenda
O escândalo da merenda terceirizada resultou em pelo menos uma ação por improbidade no Interior Paulista. Há um pedido de liminar para que o prefeito de Limeira, a empresa SP Alimentação e mais oito pessoas devolvam R$ 52 milhões. O assunto foi manchete do Jornal de Limeira.

Prefeitos
José Serra não fala em candidatura, mas há distribuição de verbas do Palácio dos Bandeirantes aos prefeitos cercada com protocolo de período eleitoral. A última cerimônia do gênero reuniu cinco prefeitos (Guapiara, Itaberá, Elisiário, Cerqueira César e Ibiúna) em cerimônia coordenada pelo subsecretário da Casa Civil, Rubens Cury, articulador político no Interior. Ao todo, saíram com R$ 900 mil para a compra de equipamentos e obras de infraestrutura. Em 2010, a estratégia comandada pelo secretário Aloysio Nunes Ferreira prevê repasse de R$ 760 milhões às prefeituras - porção generosa, considerando-se que mais da metade do valor destinado em toda a atual gestão.

Tema sensível
A degradação da segurança pública é um assunto recorrente na tribuna da Assembleia Legislativa de São Paulo, mas geralmente levantada pela oposição. Desta vez um deputado do PSDB é quem engrossa o coro e apela ao governador Serra. Pedro Tobias disse estar "muito preocupado" com onda de assaltos em Bauru. "São tão corriqueiros que uma senhora teve sua casa assaltada duas vezes na semana", reclamou.

Cidadania do Interior
Todas as quartas-feiras, das 12h às 13h, qualquer pessoa pode ocupar a tribuna da Assembleia Legislativa de São Paulo para fazer denúncias e reivindicações. Basta se inscrever 15 minutos antes. O espaço serve de eco para demandas até de associações de bairros. Mas a maioria das entidades participantes é quase sempre de cidades da Região Metropolitana. A presença do Interior é quase nula. Deputados consultados dizem que o motivo não é a distância geográfica, mas desconhecimento.

Hora de agir
A publicação hoje de artigo em conjunto pela Rede Paulista de Jornais (O planeta em perigo) é uma convocação para agir diante dos efeitos regionais provocados pelo aquecimento global, mas também uma demonstração da crença no poder da ação em rede quando há busca por soluções de interesse comum.

Opinião do leitor
José A. Vidal, aposentado de São José do Rio Preto, manda sua contribuição sobre a nota ‘O que comer na segunda-feira', de domingo último. Para ele, a carne bovina brasileira caiu a um nível "insuportável" e nunca esteve tão ruim. Menciona que comprou um filé em supermercado que "deveria ser de boi esclerosado que nunca lambeu uma pedra de sal ou de vaca velha vendida como carne de boi". "Os consumidores precisam reagir e recusar produtos com tão péssima qualidade", conclama.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;