Fechar
Publicidade

Sábado, 24 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Prainha volta a registrar aglomerações em domingo ensolarado

Celso Luiz/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Diário flagrou, pelo segundo dia consecutivo, pessoas sem máscaras e desrespeitando distanciamento social


Júnior Carvalho
Celso Luiz
Do Diário do Grande ABC

12/07/2020 | 16:31


O distanciamento social e o uso de máscara para conter o contágio do coronavírus são regras difíceis de serem respeitadas na Prainha do Riacho Grande, em São Bernardo. Neste domingo, a equipe de reportagem do Diário flagrou, pelo segundo dia consecutivo, aglomerações de pessoas e nítidos descumprimentos às regras da quarentena no local.

Pessoas próximas umas das outras, sem máscaras ou com o item de proteção no queixo (o recomendado é que o equipamento proteja nariz e a boca para reduzir possível contaminação) foi o cenário registrado neste domingo de calor, com temperaturas na casa dos 26°C. Nem a presença da viatura da GCM (Guarda Civil Municipal) intimidou os frequentadores.

Essa mesma realidade foi flagrada ontem, com pessoas circulando pela região e sentadas às mesas com direito a bebidas – estabelecimentos como bares e restaurantes foram autorizados pelo governo do Estado a voltarem a funcionar desde o início da semana passada, porém, com restrições de horários e limitações de clientes. A quarentena também prorrogada até o dia 30 pela gestão João Doria (PSDB).

A Prefeitura de São Bernardo, governada por Orlando Morando (PSDB), disse que "na região da prainha do Riacho Grande, neste domingo, algumas pessoas estavam sem a máscara facial, no momento da abordagem e sob orientação da Guarda Civil Municipal fizeram o uso da mesma". Ontem, alegou que tem fiscalizado o local e feito orientações para o uso de máscaras. Até ontem, o número total de mortes causadas pela Covid-19 na cidade era de 471 e o total de casos chega a 12.139 infecatados desde o início da pandemia.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Prainha volta a registrar aglomerações em domingo ensolarado

Diário flagrou, pelo segundo dia consecutivo, pessoas sem máscaras e desrespeitando distanciamento social

Júnior Carvalho
Celso Luiz
Do Diário do Grande ABC

12/07/2020 | 16:31


O distanciamento social e o uso de máscara para conter o contágio do coronavírus são regras difíceis de serem respeitadas na Prainha do Riacho Grande, em São Bernardo. Neste domingo, a equipe de reportagem do Diário flagrou, pelo segundo dia consecutivo, aglomerações de pessoas e nítidos descumprimentos às regras da quarentena no local.

Pessoas próximas umas das outras, sem máscaras ou com o item de proteção no queixo (o recomendado é que o equipamento proteja nariz e a boca para reduzir possível contaminação) foi o cenário registrado neste domingo de calor, com temperaturas na casa dos 26°C. Nem a presença da viatura da GCM (Guarda Civil Municipal) intimidou os frequentadores.

Essa mesma realidade foi flagrada ontem, com pessoas circulando pela região e sentadas às mesas com direito a bebidas – estabelecimentos como bares e restaurantes foram autorizados pelo governo do Estado a voltarem a funcionar desde o início da semana passada, porém, com restrições de horários e limitações de clientes. A quarentena também prorrogada até o dia 30 pela gestão João Doria (PSDB).

A Prefeitura de São Bernardo, governada por Orlando Morando (PSDB), disse que "na região da prainha do Riacho Grande, neste domingo, algumas pessoas estavam sem a máscara facial, no momento da abordagem e sob orientação da Guarda Civil Municipal fizeram o uso da mesma". Ontem, alegou que tem fiscalizado o local e feito orientações para o uso de máscaras. Até ontem, o número total de mortes causadas pela Covid-19 na cidade era de 471 e o total de casos chega a 12.139 infecatados desde o início da pandemia.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;