Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 1 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Campanha arrecada livros em prol de animais

André Henriques/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Drive-thru já recolheu 1.000 peças; projeto é destinado a moradora que cuida de 200 cachorros


Yasmin Assagra
Do Diário do Grande ABC

10/07/2020 | 00:01


A aposentada Ana Maria Mantenaur, 67 anos, que mora em Ribeirão Pires, cuida de aproximadamente 200 cachorros e depende de doações para conseguir alimentar todos eles. Com o início da pandemia causada pelo novo coronavírus, viu sumir até mesmo quem lhe estendia a mão frequentemente, seja com oferta de ração ou dinheiro. Diante deste cenário, unidades do Colégio Singular e do Cursinho Anglo espalhadas pela região criaram drive-thru para arrecadar livros que serão doados para que a cuidadora possa revender e reverter a verba em favor dos animais. 

Por meio da Espa (Equipe Singulariana de Proteção aos Animais), as unidades de Santo André, São Bernardo e São Caetano estão recebendo doações de livros desde o fim de junho – campanha vai até o dia 15. Podem ser entregues livros de todos os gêneros. 

“Livros de literatura, romances e biografias, por exemplo, vendem, principalmente, para os sebos. Já as apostilas, livros de escolas, que não podem ser vendidos ou reaproveitados, são repassados para a reciclagem. Desses dois jeitos, o dinheiro é revertido para comprar ração. É uma oportunidade para as pessoas cederem livros que não vão usar e ajudar quem realmente precisa”, destaca a fundadora da Espa, Roseli Denaldi. “Ajudamos muitos protetores. A Ana é uma delas e sabemos o quanto isso é importante. A sua vida são os animais”, detalha Roseli. 

Para a cuidadora, que mantém o trabalho com os cachorros há mais de 40 anos, a ajuda será essencial. “Vivo disso, vivo de doações, até mesmo doações de roupas e eletrodomésticos para vender e conseguir alimentar meus filhos (os cachorros). Com a pandemia, a venda para brechós ficou impossível, eventos com bingos também, então busquei alternativas com as doações de livros e apadrinhamento dos animais”, detalha Ana, que está utilizando as redes sociais para buscar doações. 

Colaboradora da unidade do Singular de Santo André e voluntária do projeto, Tânia Lima contabiliza 1.000 livros arrecadados desde o início da campanha. “Estamos vendo bastante alunos e seus responsáveis entregando até mais de uma vez nas unidades”, comemora a voluntária.

Quem quiser colaborar pode encaminhar as doações em qualquer unidade do colégio ou do cursinho, de Santo André, São Bernardo e São Caetano, de segunda a sexta-feira, das 10h às 17h.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Campanha arrecada livros em prol de animais

Drive-thru já recolheu 1.000 peças; projeto é destinado a moradora que cuida de 200 cachorros

Yasmin Assagra
Do Diário do Grande ABC

10/07/2020 | 00:01


A aposentada Ana Maria Mantenaur, 67 anos, que mora em Ribeirão Pires, cuida de aproximadamente 200 cachorros e depende de doações para conseguir alimentar todos eles. Com o início da pandemia causada pelo novo coronavírus, viu sumir até mesmo quem lhe estendia a mão frequentemente, seja com oferta de ração ou dinheiro. Diante deste cenário, unidades do Colégio Singular e do Cursinho Anglo espalhadas pela região criaram drive-thru para arrecadar livros que serão doados para que a cuidadora possa revender e reverter a verba em favor dos animais. 

Por meio da Espa (Equipe Singulariana de Proteção aos Animais), as unidades de Santo André, São Bernardo e São Caetano estão recebendo doações de livros desde o fim de junho – campanha vai até o dia 15. Podem ser entregues livros de todos os gêneros. 

“Livros de literatura, romances e biografias, por exemplo, vendem, principalmente, para os sebos. Já as apostilas, livros de escolas, que não podem ser vendidos ou reaproveitados, são repassados para a reciclagem. Desses dois jeitos, o dinheiro é revertido para comprar ração. É uma oportunidade para as pessoas cederem livros que não vão usar e ajudar quem realmente precisa”, destaca a fundadora da Espa, Roseli Denaldi. “Ajudamos muitos protetores. A Ana é uma delas e sabemos o quanto isso é importante. A sua vida são os animais”, detalha Roseli. 

Para a cuidadora, que mantém o trabalho com os cachorros há mais de 40 anos, a ajuda será essencial. “Vivo disso, vivo de doações, até mesmo doações de roupas e eletrodomésticos para vender e conseguir alimentar meus filhos (os cachorros). Com a pandemia, a venda para brechós ficou impossível, eventos com bingos também, então busquei alternativas com as doações de livros e apadrinhamento dos animais”, detalha Ana, que está utilizando as redes sociais para buscar doações. 

Colaboradora da unidade do Singular de Santo André e voluntária do projeto, Tânia Lima contabiliza 1.000 livros arrecadados desde o início da campanha. “Estamos vendo bastante alunos e seus responsáveis entregando até mais de uma vez nas unidades”, comemora a voluntária.

Quem quiser colaborar pode encaminhar as doações em qualquer unidade do colégio ou do cursinho, de Santo André, São Bernardo e São Caetano, de segunda a sexta-feira, das 10h às 17h.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;