Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 10 de Maio

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

economia@dgabc.com.br | 4435-8057

Scania retoma produção na planta de São Bernardo na segunda-feira

Banco de Dados/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Mercedes-Benz planeja reinício de operações para o dia 4 de maio


Yara Ferraz
Do Diário do Grande ABC

23/04/2020 | 23:20


 A Scania será a primeira montadora do Grande ABC a retomar a produção em meio à pandemia causada pelo novo coronavírus. A fabricante de caminhões e ônibus com planta em São Bernardo reinicia as operações na segunda-feira, após 30 dias de paralisação. A empresa é a única do setor a não ter recorrido à MP (Medida Provisória) 936, que autoriza suspensão de contratos e redução de jornada e salários, entre outras ações. Já a Mercedes-Benz, também com sede em São Bernardo, volta no dia 4 de maio.

A Volkswagen, por sua vez, anunciou ontem que pretende retomar a produção no País no dia 18 de maio, inclusive na fábrica da Via Anchieta, em São Bernardo. A fabricação de veículos será reiniciada gradualmente, inicialmente com apenas um turno. O presidente da empresa na América Latina, Pablo Di Si, afirmou que a situação de pandemia é uma crise “sem precedentes”.

A retomada das atividades será realizada em três momentos. O primeiro envolve executivos e alguns colaboradores de funções essenciais; no segundo, serão 40% do total dos executivos mais 20% dos colaboradores da área administrativa; e, no terceiro, estes níveis sobem para 60% e 30%, respectivamente. Os colaboradores que fazem parte do grupo de risco devem permanecer em casa.

Na fábrica Anchieta a empresa passa por momento de pré-retorno. A montadora realiza adaptação de ambientes, como a demarcação no chão para manter a distância entre funcionários e treinamento on-line sobre como os empregados devem se comportar. Previsto para o dia 18 de maio, o retorno gradativo deve acontecer com distribuição e utilização de máscaras de proteção a todos os funcionários.

Pablo Di Si afirmou que todos os investimentos previstos devem ser congelados. Porém, a empresa vai terminar de injetar aporte de R$ 7 bilhões nas fábricas do País, anunciado em 2016. Isso porque a previsão era que o investimento fosse realizado até este ano.

Anteriormente, a Volkswagen anunciou acordo com os trabalhadores, feito por meio do SMABC (Sindicato dos Metalúrgicos do ABC). A proposta aprovada pelos funcionários permite desconto de 30% no salário bruto do empregado e o mesmo percentual de redução na jornada de trabalho.

A Volkswagen prepara o lançamento virtual do Nivus para a próxima semana. Anteriormente batizado de New Urban Coupé, o modelo será o quinto da unidade de São Bernardo – que produz o Polo, o Virtus, o Saveiro e o Saveiro Cross.

TOYOTA

De acordo com o sindicato dos metalúrgicos, os trabalhadores da Toyota, sediada em São Bernardo, aprovaram a proposta com percentuais de redução de salários e jornada de trabalho. A medida vale para contingente de funcionários que vai continuar trabalhando, em atividades essenciais, já que anteriormente a suspensão temporária dos contratos havia sido aceita.

A jornada reduzida tem início em 4 de maio e vai até 1º de agosto, com jornada de dez horas semanais. Quem ganha até R$ 7.000 por mês vai receber 100% do valor. Já para aqueles com salários de até R$ 10 mil a redução será de 5%, enquanto os que estão na faixa entre R$ 10 mil e R$ 23 mil terão 10% de reduação.

Para quem recebe acima deste valor, a jornada será de seis horas semanais e o salário é reduzido em 15%.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Scania retoma produção na planta de São Bernardo na segunda-feira

Mercedes-Benz planeja reinício de operações para o dia 4 de maio

Yara Ferraz
Do Diário do Grande ABC

23/04/2020 | 23:20


 A Scania será a primeira montadora do Grande ABC a retomar a produção em meio à pandemia causada pelo novo coronavírus. A fabricante de caminhões e ônibus com planta em São Bernardo reinicia as operações na segunda-feira, após 30 dias de paralisação. A empresa é a única do setor a não ter recorrido à MP (Medida Provisória) 936, que autoriza suspensão de contratos e redução de jornada e salários, entre outras ações. Já a Mercedes-Benz, também com sede em São Bernardo, volta no dia 4 de maio.

A Volkswagen, por sua vez, anunciou ontem que pretende retomar a produção no País no dia 18 de maio, inclusive na fábrica da Via Anchieta, em São Bernardo. A fabricação de veículos será reiniciada gradualmente, inicialmente com apenas um turno. O presidente da empresa na América Latina, Pablo Di Si, afirmou que a situação de pandemia é uma crise “sem precedentes”.

A retomada das atividades será realizada em três momentos. O primeiro envolve executivos e alguns colaboradores de funções essenciais; no segundo, serão 40% do total dos executivos mais 20% dos colaboradores da área administrativa; e, no terceiro, estes níveis sobem para 60% e 30%, respectivamente. Os colaboradores que fazem parte do grupo de risco devem permanecer em casa.

Na fábrica Anchieta a empresa passa por momento de pré-retorno. A montadora realiza adaptação de ambientes, como a demarcação no chão para manter a distância entre funcionários e treinamento on-line sobre como os empregados devem se comportar. Previsto para o dia 18 de maio, o retorno gradativo deve acontecer com distribuição e utilização de máscaras de proteção a todos os funcionários.

Pablo Di Si afirmou que todos os investimentos previstos devem ser congelados. Porém, a empresa vai terminar de injetar aporte de R$ 7 bilhões nas fábricas do País, anunciado em 2016. Isso porque a previsão era que o investimento fosse realizado até este ano.

Anteriormente, a Volkswagen anunciou acordo com os trabalhadores, feito por meio do SMABC (Sindicato dos Metalúrgicos do ABC). A proposta aprovada pelos funcionários permite desconto de 30% no salário bruto do empregado e o mesmo percentual de redução na jornada de trabalho.

A Volkswagen prepara o lançamento virtual do Nivus para a próxima semana. Anteriormente batizado de New Urban Coupé, o modelo será o quinto da unidade de São Bernardo – que produz o Polo, o Virtus, o Saveiro e o Saveiro Cross.

TOYOTA

De acordo com o sindicato dos metalúrgicos, os trabalhadores da Toyota, sediada em São Bernardo, aprovaram a proposta com percentuais de redução de salários e jornada de trabalho. A medida vale para contingente de funcionários que vai continuar trabalhando, em atividades essenciais, já que anteriormente a suspensão temporária dos contratos havia sido aceita.

A jornada reduzida tem início em 4 de maio e vai até 1º de agosto, com jornada de dez horas semanais. Quem ganha até R$ 7.000 por mês vai receber 100% do valor. Já para aqueles com salários de até R$ 10 mil a redução será de 5%, enquanto os que estão na faixa entre R$ 10 mil e R$ 23 mil terão 10% de reduação.

Para quem recebe acima deste valor, a jornada será de seis horas semanais e o salário é reduzido em 15%.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;