Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 26 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Crianças do Alvarenga terão aula o dia inteiro


Nicolas Tamasauskas
Do Diário do Grande ABC

24/08/2001 | 00:49


A Prefeitura de Diadema iniciou quarta-feira as atividades do Projeto Joaninha, que vai atender 100 crianças entre 7 e 12 anos que trabalhavam com os pais no Lixão do Alvarenga. Elas começaram a estudar durante todo o dia na Escola Municipal Florestan Fernandes, na Vila Paulina, ao lado do bairro. As crianças irão aprender artesanato, artes cênicas e noções de higiene e cidadania no período em que não estão na escola.

A Florestan Fernandes foi escolhida porque tinha salas para receber as crianças.

O projeto contempla 61 famílias do bairro, que concentra a maioria da famílias de catadores do lixão. Elas receberão R$ 75 por mês durante três meses para manter as crianças na escola.

No total, cada família irá receber R$ 225, repassados pelo governo do Estado. Em outubro, segundo a assessoria de imprensa da Prefeitura, as crianças serão inscritas no Peti (Programa de Erradicação do Trabalho Infantil), em fase de implementação na cidade, que funciona nos mesmos moldes e é mantido pelo governo federal.

“O Peti atenderá 400 crianças. Há 362 inscritos, sendo que as 100 crianças do Projeto Joaninha já estão incluídas”, afirmou a responsável pelo projeto, Adriana Cristina Ramos do Carmo. Crianças da Vila Paulina e do bairro Eldorado, regiões carentes próximas ao lixão, também serão atendidas.

Na quarta-feira, a inauguração do projeto foi marcada com gincanas entre as crianças e a equipe de profissionais da Prefeitura.

O Lixão do Alvarenga é uma área de 400 mil m² na divisa de Diadema e São Bernardo. Foi fechado no mês passado por decisão da Justiça, o que acabou com a fonte de renda dos catadores de lixo.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Crianças do Alvarenga terão aula o dia inteiro

Nicolas Tamasauskas
Do Diário do Grande ABC

24/08/2001 | 00:49


A Prefeitura de Diadema iniciou quarta-feira as atividades do Projeto Joaninha, que vai atender 100 crianças entre 7 e 12 anos que trabalhavam com os pais no Lixão do Alvarenga. Elas começaram a estudar durante todo o dia na Escola Municipal Florestan Fernandes, na Vila Paulina, ao lado do bairro. As crianças irão aprender artesanato, artes cênicas e noções de higiene e cidadania no período em que não estão na escola.

A Florestan Fernandes foi escolhida porque tinha salas para receber as crianças.

O projeto contempla 61 famílias do bairro, que concentra a maioria da famílias de catadores do lixão. Elas receberão R$ 75 por mês durante três meses para manter as crianças na escola.

No total, cada família irá receber R$ 225, repassados pelo governo do Estado. Em outubro, segundo a assessoria de imprensa da Prefeitura, as crianças serão inscritas no Peti (Programa de Erradicação do Trabalho Infantil), em fase de implementação na cidade, que funciona nos mesmos moldes e é mantido pelo governo federal.

“O Peti atenderá 400 crianças. Há 362 inscritos, sendo que as 100 crianças do Projeto Joaninha já estão incluídas”, afirmou a responsável pelo projeto, Adriana Cristina Ramos do Carmo. Crianças da Vila Paulina e do bairro Eldorado, regiões carentes próximas ao lixão, também serão atendidas.

Na quarta-feira, a inauguração do projeto foi marcada com gincanas entre as crianças e a equipe de profissionais da Prefeitura.

O Lixão do Alvarenga é uma área de 400 mil m² na divisa de Diadema e São Bernardo. Foi fechado no mês passado por decisão da Justiça, o que acabou com a fonte de renda dos catadores de lixo.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;