Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 27 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Eletrobrás acredita que mercado expandirá 5% ao ano


Do Diário OnLine

07/06/2002 | 11:41


O presidente da Eletrobras, Altino Ventura Filho, estima que o Brasil continuará expandindo seu mercado de energia elétrica em torno da taxa 5% ao ano. Isto significa que qualquer projeção de longo prazo vai demandar uma quantidade grande de novas usinas e linhas de transmissão.

Ventura Filho acrescentou que o país tem abundância de recursos primários para produzir energia elétrica, sendo talvez o maior laboratório do mundo na utilização de diferentes opções de produção de energia, seja pela sua dimensão continental ou pelas suas características geográficas.

"É preciso combinar as diferentes formas de energia, gás natural, eólica, solar, entre outras opções compondo a matriz energética brasileira. O que resultará em uma energia a custo satisfatório", destacou, segundo informações da agência Brasil.

O presidente da Eletrobrás participa do seminário "Energia, Recursos Hídrcos e Meio Ambiente", nesta capital.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Eletrobrás acredita que mercado expandirá 5% ao ano

Do Diário OnLine

07/06/2002 | 11:41


O presidente da Eletrobras, Altino Ventura Filho, estima que o Brasil continuará expandindo seu mercado de energia elétrica em torno da taxa 5% ao ano. Isto significa que qualquer projeção de longo prazo vai demandar uma quantidade grande de novas usinas e linhas de transmissão.

Ventura Filho acrescentou que o país tem abundância de recursos primários para produzir energia elétrica, sendo talvez o maior laboratório do mundo na utilização de diferentes opções de produção de energia, seja pela sua dimensão continental ou pelas suas características geográficas.

"É preciso combinar as diferentes formas de energia, gás natural, eólica, solar, entre outras opções compondo a matriz energética brasileira. O que resultará em uma energia a custo satisfatório", destacou, segundo informações da agência Brasil.

O presidente da Eletrobrás participa do seminário "Energia, Recursos Hídrcos e Meio Ambiente", nesta capital.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;