Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 26 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

diarinho@dgabc.com.br | 4435-8396

Pesquisa estadual mostra que crianças estão mais ansiosas desde o início da quarentena

Pixabay Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Luís Felipe Soares
Do Diário do Grande ABC

15/08/2020 | 23:59


O período de quarentena por causa da pandemia da Covid-19 tem testado os nervos de pessoas de todas as idades. Parece que a paciência das crianças está chegando no auge, principalmente com as aulas à distância desde março e o longo período em casa nos últimos meses. 

Pesquisa feita com estudantes da rede pública do Estado de São Paulo mostra que 75% desse público se mostra ansioso, irritado e triste durante o confinamento. Realizado pelo instituto Datafolha em parceria com Fundação Lemann, Itaú Social e Imaginable Futures, o levantamento recente revela que 57% de crianças e jovens não estão motivados para estudar em casa, com 62% apresentando dificuldades na rotina de estudo.

As complicações vividas pelos filhos também têm gerado preocupação entre os pais e/ou responsáveis. Cerca da metade desse público adulto acredita que suas crianças não estarão preparadas para concluir o ano letivo de maneira adequada, com 70% dos entrevistados avaliando que seria melhor que alunos entre o 6° e o 9° anos do ensino fundamental ficassem na mesma série no ano que vem. Já 33% temem que os filhos abandonem estudos em futuro próximo.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Pesquisa estadual mostra que crianças estão mais ansiosas desde o início da quarentena

Luís Felipe Soares
Do Diário do Grande ABC

15/08/2020 | 23:59


O período de quarentena por causa da pandemia da Covid-19 tem testado os nervos de pessoas de todas as idades. Parece que a paciência das crianças está chegando no auge, principalmente com as aulas à distância desde março e o longo período em casa nos últimos meses. 

Pesquisa feita com estudantes da rede pública do Estado de São Paulo mostra que 75% desse público se mostra ansioso, irritado e triste durante o confinamento. Realizado pelo instituto Datafolha em parceria com Fundação Lemann, Itaú Social e Imaginable Futures, o levantamento recente revela que 57% de crianças e jovens não estão motivados para estudar em casa, com 62% apresentando dificuldades na rotina de estudo.

As complicações vividas pelos filhos também têm gerado preocupação entre os pais e/ou responsáveis. Cerca da metade desse público adulto acredita que suas crianças não estarão preparadas para concluir o ano letivo de maneira adequada, com 70% dos entrevistados avaliando que seria melhor que alunos entre o 6° e o 9° anos do ensino fundamental ficassem na mesma série no ano que vem. Já 33% temem que os filhos abandonem estudos em futuro próximo.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;