Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 11 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Arrecadação da Previdência cresceu 15% desde janeiro


Da Agência Brasil

05/12/2006 | 14:16


A Previdência Social arrecadou R$ 104,23 bilhões desde o início deste ano, o correspondente a um aumento de 15,55% em relação ao mesmo período de 2005. Esse aumento deve-se, sobretudo, ao combate à inadimplência e ao aperfeiçoamento das formas de cobrança.

De acordo com a diretora do Departamento de Administração da Receita Previdenciária, Liêda Amaral, no trabalho contra a sonegação foram implantados vários controles gerenciais e gestão de risco do contribuinte. Como resultado, a contribuição previdenciária cresceu.

Para o combate contra a inadimplência, foi desenvolvida a cobrança eletrônica dos valores declarados. "Há causas diversas para a inadimplência: há aqueles que são sonegadores contumazes e também aqueles que tiveram dificuldades de caixa, mas grande parte desse problema foi resolvida por meio de parcelamentos especiais", conta a diretora. Ela diz que já há dispositivo legal para que essas dívidas sejam parceladas em até 60 meses.

Se todos cumprissem sua obrigação, a Previdência Social teria superávit em todos aspectos. Como isso não acontece, o déficit do setor gira em torno dos R$ 40 bilhões.

Liêda Amaral descarta a possibilidade de que o trabalhador fique sem aposentadoria caso o salário aumente em um percentual elevado, fato que muitos citam como fator que levaria a previdência à falência. "A aposentadoria está constitucionalmente garantida. A união, inclusive, arca com eles e anos que nem atrasos no pagamento ocorrem”, ressalta a diretora.


Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Arrecadação da Previdência cresceu 15% desde janeiro

Da Agência Brasil

05/12/2006 | 14:16


A Previdência Social arrecadou R$ 104,23 bilhões desde o início deste ano, o correspondente a um aumento de 15,55% em relação ao mesmo período de 2005. Esse aumento deve-se, sobretudo, ao combate à inadimplência e ao aperfeiçoamento das formas de cobrança.

De acordo com a diretora do Departamento de Administração da Receita Previdenciária, Liêda Amaral, no trabalho contra a sonegação foram implantados vários controles gerenciais e gestão de risco do contribuinte. Como resultado, a contribuição previdenciária cresceu.

Para o combate contra a inadimplência, foi desenvolvida a cobrança eletrônica dos valores declarados. "Há causas diversas para a inadimplência: há aqueles que são sonegadores contumazes e também aqueles que tiveram dificuldades de caixa, mas grande parte desse problema foi resolvida por meio de parcelamentos especiais", conta a diretora. Ela diz que já há dispositivo legal para que essas dívidas sejam parceladas em até 60 meses.

Se todos cumprissem sua obrigação, a Previdência Social teria superávit em todos aspectos. Como isso não acontece, o déficit do setor gira em torno dos R$ 40 bilhões.

Liêda Amaral descarta a possibilidade de que o trabalhador fique sem aposentadoria caso o salário aumente em um percentual elevado, fato que muitos citam como fator que levaria a previdência à falência. "A aposentadoria está constitucionalmente garantida. A união, inclusive, arca com eles e anos que nem atrasos no pagamento ocorrem”, ressalta a diretora.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;