Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 1 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Sem Rogério, batedores querem espaço no São Paulo


Artur Rodrigues
Do Diário do Grande ABC
Com agências

15/01/2006 | 09:35


Não faltam candidatos à vaga de batedor oficial de faltas do São Paulo deixada por Rogério Ceni. O goleiro se recupera de uma artroscopia no joelho esquerdo e deve ficar de três a seis semanas sem entrar em campo. Pelo menos quatro jogadores são potenciais substitutos do arqueiro-artilheiro na cobrança das penalidades: Fabão, Júnior, Souza e Rodrigo Fabri.

O meia Souza, aspirante a lateral-direito titular, não alimenta a disputa. “Cada um tem a sua característica. Quando for de longe, bate o Fabão. Do lado direito bate o Júnior e do esquerdo bato eu”, afirma Souza.

Correndo por fora, está o recém-contratado Rodrigo Fabri. No Brasileirão do ano passado, o meia fez dois gols de falta pelo Atlético Mineiro. “Não sou especialista como Ceni e Petkovic. Mas no período em que o Rogério não estiver jogando quero aproveitar para arriscar algumas faltas. Afinal, quando ele voltar, nem vou chegar perto da bola”, argumenta o novo reforço tricolor.

Para o posto de cobrador de pênaltis, deixado por Rogério e Amoroso (contratado pelo Milan), o favorito por enquanto é Grafite. O atacante era o cobrador das penalidades após a transferência de Luís Fabiano para a Europa, em 2004.

Por enquanto, o técnico Muricy Ramalho parece estar mais preocupado com a parte física do grupo. “Está claro que os melhores fisicamente estão levando vantagem no começo da competição. Por isso temos que entrar no máximo”, analisa o treinador. O Tricolor só estréia no Paulista dia 18, contra o Santo André, no Bruno Daniel.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Sem Rogério, batedores querem espaço no São Paulo

Artur Rodrigues
Do Diário do Grande ABC
Com agências

15/01/2006 | 09:35


Não faltam candidatos à vaga de batedor oficial de faltas do São Paulo deixada por Rogério Ceni. O goleiro se recupera de uma artroscopia no joelho esquerdo e deve ficar de três a seis semanas sem entrar em campo. Pelo menos quatro jogadores são potenciais substitutos do arqueiro-artilheiro na cobrança das penalidades: Fabão, Júnior, Souza e Rodrigo Fabri.

O meia Souza, aspirante a lateral-direito titular, não alimenta a disputa. “Cada um tem a sua característica. Quando for de longe, bate o Fabão. Do lado direito bate o Júnior e do esquerdo bato eu”, afirma Souza.

Correndo por fora, está o recém-contratado Rodrigo Fabri. No Brasileirão do ano passado, o meia fez dois gols de falta pelo Atlético Mineiro. “Não sou especialista como Ceni e Petkovic. Mas no período em que o Rogério não estiver jogando quero aproveitar para arriscar algumas faltas. Afinal, quando ele voltar, nem vou chegar perto da bola”, argumenta o novo reforço tricolor.

Para o posto de cobrador de pênaltis, deixado por Rogério e Amoroso (contratado pelo Milan), o favorito por enquanto é Grafite. O atacante era o cobrador das penalidades após a transferência de Luís Fabiano para a Europa, em 2004.

Por enquanto, o técnico Muricy Ramalho parece estar mais preocupado com a parte física do grupo. “Está claro que os melhores fisicamente estão levando vantagem no começo da competição. Por isso temos que entrar no máximo”, analisa o treinador. O Tricolor só estréia no Paulista dia 18, contra o Santo André, no Bruno Daniel.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;