Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 20 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Joseph Ratzinger obteve entre 95 e 107 votos no conclave


Da AFP

21/04/2005 | 11:37


O cardeal alemão Joseph Ratzinger, que foi eleito papa na terça-feira depois de um rápido Conclave e adotou o nome de Bento XVI, obteve uma ampla maioria de votos, informaram diversos vaticanistas.

A imprensa afirma que o alemão teria obtido entre 95 e 107 votos dos 115 cardeais eleitores. Para ser eleito seriam necessários 77. "Joseph Ratzinger foi eleito por 95 votos sobre 115 e não encontrou nenhuma resistência em um dos Conclaves mais rápidos do último século", segundo o vaticanista Marco Tosatti, do jornal 'La Stampa'.

"O que está claro é que a candidatura do cardeal bávaro foi crescendo desde a primeira noite (segunda-feira), de forma constante, sem que nenhuma candidatura de oposição tivesse a oportunidade de bloqueá-la", acrescentou Tosatti.

Para Marco Politi, do jornal 'La Repubblica', "Joseph Ratzinger superou os 100 votos em sua eleição relâmpago".

O número de 107 votos é citado pelo vaticanista do 'Il Messaggero', Orazio Petroselli, que afirma que na primeira votação da tarde de terça-feira, depois da qual foi expelida a fumaça branca, "apenas sete ou oito votos não foram para ele".

Entre os opositores a Ratzinger neste Conclave foram destacados vários nomes, sobretudo os cardeais italianos Carlo Maria Martini, ex-arcebispo de Milão, e Camillo Ruini, vigário do Papa em Roma, segundo as mesmas fontes.

Ao que parece, Martini estava empatado com Ratzinger, e inclusive um pouco à frente, na votação da tarde de segunda-feira.

No entanto, os vaticanistas afirmam que Ratzinger obteve a maioria necessária na manhã de terça-feira, quando a fumaça ainda foi negra, e pediu uma votação de confirmação na tarde de terça-feira.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Joseph Ratzinger obteve entre 95 e 107 votos no conclave

Da AFP

21/04/2005 | 11:37


O cardeal alemão Joseph Ratzinger, que foi eleito papa na terça-feira depois de um rápido Conclave e adotou o nome de Bento XVI, obteve uma ampla maioria de votos, informaram diversos vaticanistas.

A imprensa afirma que o alemão teria obtido entre 95 e 107 votos dos 115 cardeais eleitores. Para ser eleito seriam necessários 77. "Joseph Ratzinger foi eleito por 95 votos sobre 115 e não encontrou nenhuma resistência em um dos Conclaves mais rápidos do último século", segundo o vaticanista Marco Tosatti, do jornal 'La Stampa'.

"O que está claro é que a candidatura do cardeal bávaro foi crescendo desde a primeira noite (segunda-feira), de forma constante, sem que nenhuma candidatura de oposição tivesse a oportunidade de bloqueá-la", acrescentou Tosatti.

Para Marco Politi, do jornal 'La Repubblica', "Joseph Ratzinger superou os 100 votos em sua eleição relâmpago".

O número de 107 votos é citado pelo vaticanista do 'Il Messaggero', Orazio Petroselli, que afirma que na primeira votação da tarde de terça-feira, depois da qual foi expelida a fumaça branca, "apenas sete ou oito votos não foram para ele".

Entre os opositores a Ratzinger neste Conclave foram destacados vários nomes, sobretudo os cardeais italianos Carlo Maria Martini, ex-arcebispo de Milão, e Camillo Ruini, vigário do Papa em Roma, segundo as mesmas fontes.

Ao que parece, Martini estava empatado com Ratzinger, e inclusive um pouco à frente, na votação da tarde de segunda-feira.

No entanto, os vaticanistas afirmam que Ratzinger obteve a maioria necessária na manhã de terça-feira, quando a fumaça ainda foi negra, e pediu uma votação de confirmação na tarde de terça-feira.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;