Fechar
Publicidade

Sábado, 24 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Grupo de Zarqawi mostra na Internet execução de coronel iraquiano


Da AFP

27/03/2005 | 11:15


O grupo de Abu Mussab al-Zarqawi, chefe da rede terrorista Al Qaeda no Iraque, colocou neste domingo, em seu site na Internet, um vídeo em que mostra a execução de um coronel do exército iraquiano. A gravação mostra um homem, com os olhos vendados, confessando ter "colaborado" com as forças americanas no Iraque.

Depois de ter declarado isso, o homem recebe um tiro na cabeça, dado por uma pessoa encapuzada. "O tribunal religioso da organização Al-Qaeda no Iraque decidiu aplicar a ordem de Deus a este infiel matando-o, com a finalidade de que isso sirva de lição a outros", diz o homem encapuzado antes de disparar contra o refém.

O grupo de Zarqawi reivindica vários atentados, seqüestros e assassinatos no Iraque desde a derrubada de Saddam Hussein em março de 2003. Em dezembro, o chefe da Al Qaeda, Osama Bin Laden, reconheceu Zarqawi como "emir" da rede terrorista no Iraque.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Grupo de Zarqawi mostra na Internet execução de coronel iraquiano

Da AFP

27/03/2005 | 11:15


O grupo de Abu Mussab al-Zarqawi, chefe da rede terrorista Al Qaeda no Iraque, colocou neste domingo, em seu site na Internet, um vídeo em que mostra a execução de um coronel do exército iraquiano. A gravação mostra um homem, com os olhos vendados, confessando ter "colaborado" com as forças americanas no Iraque.

Depois de ter declarado isso, o homem recebe um tiro na cabeça, dado por uma pessoa encapuzada. "O tribunal religioso da organização Al-Qaeda no Iraque decidiu aplicar a ordem de Deus a este infiel matando-o, com a finalidade de que isso sirva de lição a outros", diz o homem encapuzado antes de disparar contra o refém.

O grupo de Zarqawi reivindica vários atentados, seqüestros e assassinatos no Iraque desde a derrubada de Saddam Hussein em março de 2003. Em dezembro, o chefe da Al Qaeda, Osama Bin Laden, reconheceu Zarqawi como "emir" da rede terrorista no Iraque.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;