Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 21 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Fundação do ABC tem interesse em assumir Hospital Nardini

Mas somente se unidade de saúde for administrada pelo Estado, o que melhoraria a condição financeira


Kelly Zucatelli
Do Diário do Grande ABC

10/03/2009 | 07:00


Caso o Estado resolva assumir o Hospital Doutor Radamés Nardini, em Mauá, a Fundação do ABC estaria disposta a fazer o atendimento de Saúde da unidade. A hipótese foi levantada ontem, em entrevista concedida pelo presidente da Fundação, Marco Antonio Espósito.

A entidade, porém, não pensa em administrar o corpo clínico neste momento, quando o hospital mais necessita de ajuda. Se o Estado assumir a unidade e garantir aporte financeiro, a administração do hospital seria muito mais fácil e a Fundação não seria a única interessada.

Uma série de problemas administrativos deixou o atendimento caótico no hospital. A Secretaria de Estado da Saúde negou que haja qualquer negociação para que o Estado intervenha no hospital. Também não haveria nenhuma possível parceria com a Fundação do ABC.

Além de pensar em administrar o Hospital Nardini, a Fundação tenta parceria com a Prefeitura de Mauá para prestação de serviços de médicos, enfermeiros e outros profissionais da saúde no Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência).

A Fundação também tem tratativas com a Prefeitura de Rio Grande da Serra para o atendimento em UBS (Unidade Básica de Saúde) com 24 clínicos e pediatras.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Fundação do ABC tem interesse em assumir Hospital Nardini

Mas somente se unidade de saúde for administrada pelo Estado, o que melhoraria a condição financeira

Kelly Zucatelli
Do Diário do Grande ABC

10/03/2009 | 07:00


Caso o Estado resolva assumir o Hospital Doutor Radamés Nardini, em Mauá, a Fundação do ABC estaria disposta a fazer o atendimento de Saúde da unidade. A hipótese foi levantada ontem, em entrevista concedida pelo presidente da Fundação, Marco Antonio Espósito.

A entidade, porém, não pensa em administrar o corpo clínico neste momento, quando o hospital mais necessita de ajuda. Se o Estado assumir a unidade e garantir aporte financeiro, a administração do hospital seria muito mais fácil e a Fundação não seria a única interessada.

Uma série de problemas administrativos deixou o atendimento caótico no hospital. A Secretaria de Estado da Saúde negou que haja qualquer negociação para que o Estado intervenha no hospital. Também não haveria nenhuma possível parceria com a Fundação do ABC.

Além de pensar em administrar o Hospital Nardini, a Fundação tenta parceria com a Prefeitura de Mauá para prestação de serviços de médicos, enfermeiros e outros profissionais da saúde no Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência).

A Fundação também tem tratativas com a Prefeitura de Rio Grande da Serra para o atendimento em UBS (Unidade Básica de Saúde) com 24 clínicos e pediatras.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;