Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 28 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

|

Maradona na seleção Argentina

A notícia deveria ser recebida com entusiasmo. Afinal, um craque poderia trazer grande contribuição para o futebol


Especial para o Diário

31/10/2008 | 00:00


A notícia deveria ser recebida com entusiasmo. Afinal um craque da envergadura de Dom Diego poderia trazer grande contribuição para o futebol.

Maradona, para quem não sabe, é um deus para os argentinos. Há certo exagero nesse sentimento. Porém, compreensível!

Todo esse otimismo cai por terra porque Maradona é polêmico, com um passado nebuloso, sem experiência comprovada nessa atividade. Suas duas únicas tentativas na área se resumiram ao Racing e ao inexpressivo Deportivo Mandiyu. Foram 23 jogos e apenas duas vitórias.

As pesquisas divulgadas na Argentina comprovam que a opinião pública está contra a decisão do cartola Julio Grondona, presidente da Associação do Futebol Argentino.

A tendência é que não dê certo. Apesar de que o mundo do futebol torce pelo contrário. Pelo bem do próprio futebol.

PROTESTO PAULISTA - O Ministério do Esporte vai gastar cerca de U$ 200 mil, mais de R$ 400 mil para colocar uma placa em Interlagos e divulgar os Jogos Olímpicos de 2014 no Rio de Janeiro.

A idéia, na teoria, é boa. O mundo todo vai acompanhar nesses dias de Fórmula 1 decisiva tudo o que acontecerá no autódromo de São Paulo.

Os paulistas, no entanto, estão indignados. Até hoje o Ministério fez muito pouco por São Paulo e já torrou uma fortuna com o Rio de Janeiro. A lista não é pequena: as milionárias obras para o Pan-Americano e milhares de dólares investidos numa candidatura que pouca gente acredita. Afinal, em tese, o dinheiro do Governo Federal deveria ser investido na formação de futuros atletas, na construção de estádios, campos e ginásios, no aprimoramento de professores de educação física, no aparelhamento para treinamentos e intercâmbio com grandes centros esportivos.

Lamentavelmente muitos políticos pensam como os cartolas. E o resultado disso é pouco cheiroso.

VAI SANTO ANDRÉ! - O riquíssimo ABC paulista precisa voltar a ter um time na elite do futebol brasileiro. A queda inesperada do São Caetano para a Série B, que por sinal, começou bem a campanha deste ano, mas caiu de produção, tirou a região do foco maior dos torcedores.

Agora o Santo André, com 55 pontos e em quarto lugar na Série B tem tudo para subir e resgatar a história de sucesso e conquistas.

Gosto muito da região e sempre tive grande prazer em trabalhar tanto no Bruno José Daniel quanto no Anacleto Campanella. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;