Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 9 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Juliana sonha com vaga em Pequim-08


Kati Dias
Do Diário do Grande ABC

17/09/2007 | 08:06


A trás de um grande homem, sempre há uma grande mulher. A meio-fundista Juliana de Paula Gomes da Silva confirmou o ditado ao faturar o ouro nos 1.500 m no Pan-Americano no Rio, em julho. Assim, a atleta deixou a sombra do marido Marílson Gomes dos Santos, campeão da Maratona de Nova York, e conquistou brilho próprio. Ela, inclusive, já sentiu a diferença.

"Antes, as pessoas me paravam para perguntar do Marílson. Hoje não, elas descobriram que eu também sou uma atleta", brinca a meio-fundista, que acabou compensando a frustração do amado, que saiu do Rio sem o ouro (foi prata nos 10 mil metros e bronze nos 5.000 mil m).

Inveja, rivalidade doméstica, nem pensar. Marílson não esconde o orgulho de ver a mulher ser assediada e confessa: "Disse que preferia vê-la ganhando um ouro do que eu. Acho que Deus ouviu o meu pedido. Quando a vi ultrapassando a linha de chegada em primeiro, foi como se eu tivesse ganhado", afirma.

Para o maratonista, Juliana merecia este reconhecimento mais do que ele. "A vida de um corredor de pista é muito difícil. Ela é muito esforçada e provou que tem condições de brigar pelas primeiras posições", completa.

O técnico do casal, o andreense Adauto Domingues, crê que o ouro no Pan foi um doping positivo para Juliana. "Até então, ela não acreditava que tinha condições de alcançar o pódio. Especialmente depois de ter ficado fora das finais dos 800 metros", afirmou.

Domingues revela que Juliana ficou muito chateada por ter sido eliminada na prova e pensava que lutar por uma vaga na Olimpíada do ano que vem era utopia.

A animação toma conta da meio-fundista, que não vê a hora de recomeçar os treinamentos. "Quero ir à Europa para participar de alguns Meetings de Atletismo para fazer o índice das duas provas", diz a atleta.

Juliana precisa correr abaixo dos dois minutos, nos 800 m, e abaixo dos 4min07s, nos 1,5 mil metros.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;