Fechar
Publicidade

Domingo, 8 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

São Paulo se concentra para pegar o Goiás


Analy Cristofani
Do Diário do Grande ABC
Com Agências

14/10/2003 | 00:08


O São Paulo não viajou para a Bolívia nesta segunda-feira, como estava previsto. A Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) decidiu adiar a partida contra o The Strongest, válida pela Copa Sul-Americana, que aconteceria na quarta-feira, em conseqüência da série de incidentes políticos registrados no país entre forças do governo boliviano e manifestantes. O jogo de volta está marcado para o dia 29, mas pode sofrer mudanças.

A partida seria a primeira da equipe brasileira na fase internacional da Copa Sul-Americana. O time são-paulino viajaria com uma equipe mista, pois pouparia alguns de seus titulares para a próxima rodada do Campeonato Brasileiro. Sábado, o Tricolor encara o Goiás, no Serra Dourada.

A decisão pegou os próprios jogadores de surpresa. "Nem sabia o que estava acontecendo", disse Diego Tardelli, que deve permanecer no ataque, já que Luís Fabiano foi expulso e cumprirá suspensão.

Apesar da vitória por 3 a 0 diante do Corinthians, o elenco prefere manter os pés no chão e continuar a luta para permanecer entre os cinco melhores da competição, que garantem vaga na Libertadores de 2004.

Para o meia Ricardinho, os três pontos apenas diminuíram, mas não acabaram com a crise no São Paulo. Agora, o elenco pode trabalhar com mais tranqüilidade durante toda a semana. "É uma vitória que desafoga um pouco, mas ainda vamos ter de matar um leão por dia".

Dívida - Oswaldo de Oliveira disse que ainda não recebeu tudo o que São Paulo lhe deve. O presidente do São Paulo confirmou a denúncia do treinador. "Quando ele deixou o clube, recebeu todos os seus direitos no que se refere ao contrato de trabalho. Recebeu o 13º, férias proporcionais e tudo mais. Fizemos então um acordo para ele receber em parcelas o que se referia ao direito de imagem. E nós atrasamos duas dessas prestações. Não sei o total de prestações, sei que atrasamos duas delas", disse Marcelo Portugal Gouvêa.

Por meio de seu advogado, Oswaldo de Oliveira procurou o São Paulo para cobrar os atrasados. E recebeu uma resposta pouco animadora. "Expliquei que ele receberá assim que chegar o dinheiro da venda do Kaká, será imediato", afirmou Gouvêa, que não informou quando o dinheiro estará na conta do São Paulo.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

São Paulo se concentra para pegar o Goiás

Analy Cristofani
Do Diário do Grande ABC
Com Agências

14/10/2003 | 00:08


O São Paulo não viajou para a Bolívia nesta segunda-feira, como estava previsto. A Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) decidiu adiar a partida contra o The Strongest, válida pela Copa Sul-Americana, que aconteceria na quarta-feira, em conseqüência da série de incidentes políticos registrados no país entre forças do governo boliviano e manifestantes. O jogo de volta está marcado para o dia 29, mas pode sofrer mudanças.

A partida seria a primeira da equipe brasileira na fase internacional da Copa Sul-Americana. O time são-paulino viajaria com uma equipe mista, pois pouparia alguns de seus titulares para a próxima rodada do Campeonato Brasileiro. Sábado, o Tricolor encara o Goiás, no Serra Dourada.

A decisão pegou os próprios jogadores de surpresa. "Nem sabia o que estava acontecendo", disse Diego Tardelli, que deve permanecer no ataque, já que Luís Fabiano foi expulso e cumprirá suspensão.

Apesar da vitória por 3 a 0 diante do Corinthians, o elenco prefere manter os pés no chão e continuar a luta para permanecer entre os cinco melhores da competição, que garantem vaga na Libertadores de 2004.

Para o meia Ricardinho, os três pontos apenas diminuíram, mas não acabaram com a crise no São Paulo. Agora, o elenco pode trabalhar com mais tranqüilidade durante toda a semana. "É uma vitória que desafoga um pouco, mas ainda vamos ter de matar um leão por dia".

Dívida - Oswaldo de Oliveira disse que ainda não recebeu tudo o que São Paulo lhe deve. O presidente do São Paulo confirmou a denúncia do treinador. "Quando ele deixou o clube, recebeu todos os seus direitos no que se refere ao contrato de trabalho. Recebeu o 13º, férias proporcionais e tudo mais. Fizemos então um acordo para ele receber em parcelas o que se referia ao direito de imagem. E nós atrasamos duas dessas prestações. Não sei o total de prestações, sei que atrasamos duas delas", disse Marcelo Portugal Gouvêa.

Por meio de seu advogado, Oswaldo de Oliveira procurou o São Paulo para cobrar os atrasados. E recebeu uma resposta pouco animadora. "Expliquei que ele receberá assim que chegar o dinheiro da venda do Kaká, será imediato", afirmou Gouvêa, que não informou quando o dinheiro estará na conta do São Paulo.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;