Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 6 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Cristãos de todo o mundo manifestam apoio a Israel


Da AFP

14/10/2003 | 16:02


Cerca de 5 mil cristãos evangélicos provenientes do mundo inteiro desfilaram nesta terça-feira nas ruas de Jerusalém, por ocasião da festa judaica de Sucot, para expressar seu apoio a Israel.

A maioria dos manifestantes eram americanos, mas também encontravam-se brasileiros, sul-africanos, alemães, japoneses, e pessoas de outras 60 nacionalidades diferentes. Os peregrinos se dirigiram à Cidade Antiga, ostentando bandeiras de seus países e cartazes com a menção: "Amamos Israel".

"Vim comemorar Sucot, e dizer às pessoas daqui que o Deus de Israel reina, e que não devem perder suas esperanças", declarou Shay Kasper, um californiano de 65 anos.

A festa judaica de Sucot lembra a estada dos hebreus no deserto, após partirem do Egito. "Estou aqui para realizar a profecia e, como turista, gastar meu dinheiro, do qual Israel tanto necessita", enfatizou Richard, sul-africano membro de um movimento carismático.

Segundo os organizadores, a quantidade de participantes na comemoração de Sucot aumentou de forma considerável em relação a 2002.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Cristãos de todo o mundo manifestam apoio a Israel

Da AFP

14/10/2003 | 16:02


Cerca de 5 mil cristãos evangélicos provenientes do mundo inteiro desfilaram nesta terça-feira nas ruas de Jerusalém, por ocasião da festa judaica de Sucot, para expressar seu apoio a Israel.

A maioria dos manifestantes eram americanos, mas também encontravam-se brasileiros, sul-africanos, alemães, japoneses, e pessoas de outras 60 nacionalidades diferentes. Os peregrinos se dirigiram à Cidade Antiga, ostentando bandeiras de seus países e cartazes com a menção: "Amamos Israel".

"Vim comemorar Sucot, e dizer às pessoas daqui que o Deus de Israel reina, e que não devem perder suas esperanças", declarou Shay Kasper, um californiano de 65 anos.

A festa judaica de Sucot lembra a estada dos hebreus no deserto, após partirem do Egito. "Estou aqui para realizar a profecia e, como turista, gastar meu dinheiro, do qual Israel tanto necessita", enfatizou Richard, sul-africano membro de um movimento carismático.

Segundo os organizadores, a quantidade de participantes na comemoração de Sucot aumentou de forma considerável em relação a 2002.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;