Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 27 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

GCM vai atuar em fiscalização na área da Represa Billings

Claudinei Plaza/DGABC  Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Após acordo com a Marinha, 80 guardas-civis treinados poderão apreender embarcações


Yara Ferraz
Do Diário do Grande ABC

10/03/2016 | 07:00


Após assinatura de convênio entre a Marinha do Brasil e a Prefeitura de São Bernardo, a GCM (Guarda Civil Municipal) da cidade vai começar a atuar diretamente na fiscalização na Represa Billings. Após passarem por formação nas últimas semanas, os guardas-civis poderão atuar diretamente na fiscalização de embarcações, pescadores e banhistas.

As atuações serão feitas principalmente nas áreas de grande concentração de banhistas, como a Prainha e o Parque Estoril. A capacitação, que terá continuidade, treinou 80 profissionais (entre eles também há guardas ambientas e guarda-vidas) que atuam no Riacho Grande.

Na tarde de ontem, o prefeito Luiz Marinho (PT) e o vice-almirante da Marinha do Brasil e comandante do 8º Distrito Naval, Glauco Castilho Dall’Antonia, oficializaram o acordo em evento na Prefeitura. Conforme o vice-almirante, a finalidade é a preservação da vida.

“Vamos oferecer à Prefeitura conhecimento para fiscalização. Eles vão atuar para que o barco não venha para uma área de banhistas ou vice-versa. Esse convênio é para que haja ordenamento na utilização da represa, o que é uma tarefa da Prefeitura, e nós vamos ajuda-lá”, afirmou.

Além de atuar nessas situações, os guardas também poderão apreender embarcações, dependendo da gravidade da ocorrência, por exemplo, se o condutor não tiver a documentação necessária. Para facilitar a ação, eles vão utilizar motos aquáticas.

De acordo com o secretário de Segurança Urbana, Cícero Ribeiro Silva, a mudança vai possibilitar que a corporação seja mais incisiva, “A GCM recebe muitas reclamações dos banhistas sobre pessoas que utilizam as motos aquáticas de forma incorreta, inclusive nas áreas para banho, colocando a vida dessas pessoas em risco. Quando efetuarmos a fiscalização, teremos a oportunidade de notificar esses condutores, e vamos informar a Marinha. Poderemos reter as embarcações, e o condutor pode ter que prestar esclarecimentos na Capitania dos Portos, em Santos.”

Conforme o Corpo de Bombeiros. foram registradas no Grande ABC 12 mortes por afogamento em 2014 e 23 no ano passado. Foram 38 salvamentos em 2014 e 45 em 2015, sendo a maioria na área da Billings.

“Antes só era dada a orientação, então, muitas vezes o cidadão não nos atendia. Agora, além disso, poderemos tomar providências sancionatórias, como a questão da retenção. Isso vai ajudar na preservação das vidas”, disse o secretário de Segurança.

Durante os próximos dias, os guardas passarão por mais cursos de aperfeiçoamento com a Marinha.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

GCM vai atuar em fiscalização na área da Represa Billings

Após acordo com a Marinha, 80 guardas-civis treinados poderão apreender embarcações

Yara Ferraz
Do Diário do Grande ABC

10/03/2016 | 07:00


Após assinatura de convênio entre a Marinha do Brasil e a Prefeitura de São Bernardo, a GCM (Guarda Civil Municipal) da cidade vai começar a atuar diretamente na fiscalização na Represa Billings. Após passarem por formação nas últimas semanas, os guardas-civis poderão atuar diretamente na fiscalização de embarcações, pescadores e banhistas.

As atuações serão feitas principalmente nas áreas de grande concentração de banhistas, como a Prainha e o Parque Estoril. A capacitação, que terá continuidade, treinou 80 profissionais (entre eles também há guardas ambientas e guarda-vidas) que atuam no Riacho Grande.

Na tarde de ontem, o prefeito Luiz Marinho (PT) e o vice-almirante da Marinha do Brasil e comandante do 8º Distrito Naval, Glauco Castilho Dall’Antonia, oficializaram o acordo em evento na Prefeitura. Conforme o vice-almirante, a finalidade é a preservação da vida.

“Vamos oferecer à Prefeitura conhecimento para fiscalização. Eles vão atuar para que o barco não venha para uma área de banhistas ou vice-versa. Esse convênio é para que haja ordenamento na utilização da represa, o que é uma tarefa da Prefeitura, e nós vamos ajuda-lá”, afirmou.

Além de atuar nessas situações, os guardas também poderão apreender embarcações, dependendo da gravidade da ocorrência, por exemplo, se o condutor não tiver a documentação necessária. Para facilitar a ação, eles vão utilizar motos aquáticas.

De acordo com o secretário de Segurança Urbana, Cícero Ribeiro Silva, a mudança vai possibilitar que a corporação seja mais incisiva, “A GCM recebe muitas reclamações dos banhistas sobre pessoas que utilizam as motos aquáticas de forma incorreta, inclusive nas áreas para banho, colocando a vida dessas pessoas em risco. Quando efetuarmos a fiscalização, teremos a oportunidade de notificar esses condutores, e vamos informar a Marinha. Poderemos reter as embarcações, e o condutor pode ter que prestar esclarecimentos na Capitania dos Portos, em Santos.”

Conforme o Corpo de Bombeiros. foram registradas no Grande ABC 12 mortes por afogamento em 2014 e 23 no ano passado. Foram 38 salvamentos em 2014 e 45 em 2015, sendo a maioria na área da Billings.

“Antes só era dada a orientação, então, muitas vezes o cidadão não nos atendia. Agora, além disso, poderemos tomar providências sancionatórias, como a questão da retenção. Isso vai ajudar na preservação das vidas”, disse o secretário de Segurança.

Durante os próximos dias, os guardas passarão por mais cursos de aperfeiçoamento com a Marinha.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;