Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 30 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Após 60 dias, loja ainda não entregou móveis para cliente


Vanessa Selicani
Especial para o Diário

17/09/2007 | 07:24


A supervisora de atendimento Patrícia Ferreira Carvalho Ruivo, 31 anos, da Capital, encaixotou seus livros para a chegada do novo rack. Mas 60 dias depois, o móvel não foi entregue e os itens continuam espalhados pela sala.

O prazo da Gramado Móveis, em Santo André, era de 30 dias. A consumidora pagou R$ 2.400 pelos dois racks e uma cômoda à vista. "O que me irrita mais é a falta de comunicação. Esperei os 30 dias e quando pedi explicações sobre o atraso, ninguém soube me dizer nada", lamenta.

Defesa - A Gramado garantiu que os móveis encomendados pela supervisora serão entregues nesta terça-feira. O atraso teria ocorrido por que os racks e cômoda foram feitos sob medida. A empresa garante que o prazo para entrega é de no máximo 35 dias e pede desculpas a consumidora.

Procon - O Procon Santo André recomenda que o consumidor não pague todo o valor antes da entrega dos móveis e se certifique que o prazo limite está estipulado na nota.

"Se o tempo do contrato for ultrapassado, é possível pedir o dinheiro de volta com acréscimo de perdas, danos e correção monetária ou ainda aceitar novo produto", explica o diretor do Procon de Santo André, Manuel Marques.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;