Fechar
Publicidade

Sábado, 22 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Loja demora para transferir documentos de carro


Isis Mastromano Correia
Do Diário do Grande ABC

10/03/2008 | 07:03


Há cerca de três meses, a professora Janete Botelho Egas, de Santo André, levou um susto ao receber a cobrança do IPVA de seu antigo carro, um Kadett dado de entrada na compra de um Ford Ka.

O imposto chegou porque a loja descumpriu o trato firmado com a cliente de passar o veículo para o nome do comércio.

A transação foi feita em março do ano passado com a loja GV Veículos, que fica no Auto Shopping Global.

“Eu passei o documento de tranferência em nome da loja, reconhecido no cartório e tudo, mas eles deixaram de entregar no Detran a tempo”, contou Janete.

A consumidora tem receio de que, além do carnê de IPVA, possíveis multas e outras penalidades do antigo carro venham sobrar para ela.

Para se precaver, ela decidiu bloquear o Kadett na Ciretran (Circunscrição Regional de Trânsito). “Mesmo assim, não fico sossegada. E antes do bloqueio, o que pode ter acontecido? Não sei nas mãos de quem esteve o carro”, questionou Janete.

A GV Veículos informou que até o dia 20 de março o caso da cliente estará solucionado. A loja se comprometeu a pagar multas que o carro venha a ter depois do negócio e alegou que a demora na tranferência se deveu a um laudo do motor, exigido pelo Detran, que não havia sido feito.


Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Loja demora para transferir documentos de carro

Isis Mastromano Correia
Do Diário do Grande ABC

10/03/2008 | 07:03


Há cerca de três meses, a professora Janete Botelho Egas, de Santo André, levou um susto ao receber a cobrança do IPVA de seu antigo carro, um Kadett dado de entrada na compra de um Ford Ka.

O imposto chegou porque a loja descumpriu o trato firmado com a cliente de passar o veículo para o nome do comércio.

A transação foi feita em março do ano passado com a loja GV Veículos, que fica no Auto Shopping Global.

“Eu passei o documento de tranferência em nome da loja, reconhecido no cartório e tudo, mas eles deixaram de entregar no Detran a tempo”, contou Janete.

A consumidora tem receio de que, além do carnê de IPVA, possíveis multas e outras penalidades do antigo carro venham sobrar para ela.

Para se precaver, ela decidiu bloquear o Kadett na Ciretran (Circunscrição Regional de Trânsito). “Mesmo assim, não fico sossegada. E antes do bloqueio, o que pode ter acontecido? Não sei nas mãos de quem esteve o carro”, questionou Janete.

A GV Veículos informou que até o dia 20 de março o caso da cliente estará solucionado. A loja se comprometeu a pagar multas que o carro venha a ter depois do negócio e alegou que a demora na tranferência se deveu a um laudo do motor, exigido pelo Detran, que não havia sido feito.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;