Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 12 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Nacional

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Polícia descobre cocaína prensada em roupas em SP



14/10/2003 | 00:25


A prisão de dois argentinos em São Paulo vai permitir à Polícia Federal identificar grupos de traficantes que têm mandado cocaína para a Europa e Estados Unidos em roupas. Carlos Sérgio Fiona, 45 anos, e Roberto Antulio Fiona, 59, foram presos sábado, num flat, em Cerqueira César, na região central de São Paulo. As roupas, que seriam levadas para Suíça e Itália, pesavam 40 quilos. Os agentes federais acreditam que mais de 20 quilos eram de cocaína.

Carlos Sérgio foi quem encomendou a roupa a traficantes colombianos que têm representantes em Mato Grosso do Sul. Elas foram preparadas num hotel, num bairro afastado do centro de Campo Grande, e foram entregues para Jonas Monteiro da Veiga, 26 anos, e Juliano dos Santos Florentino, 25. Eles foram orientados a se hospedar no flat da rua Frei Caneca, em São Paulo, onde seriam procurados pelos argentinos.

Os policiais acompanharam todo o processo de hospedagem e contato. Os quatro foram presos quando se reuniram num dos apartamentos. Eles se negaram a dar declarações.

Os peritos da PF informaram que o método de levar cocaína "impregnada" nas roupas não é novo. Usando uma solução de cloridrato, as roupas – principalmente de lã e algodão, que tem maior poder de absorção – são mergulhadas em tanques com cocaína. Quando secas, ficam engomadas.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Polícia descobre cocaína prensada em roupas em SP


14/10/2003 | 00:25


A prisão de dois argentinos em São Paulo vai permitir à Polícia Federal identificar grupos de traficantes que têm mandado cocaína para a Europa e Estados Unidos em roupas. Carlos Sérgio Fiona, 45 anos, e Roberto Antulio Fiona, 59, foram presos sábado, num flat, em Cerqueira César, na região central de São Paulo. As roupas, que seriam levadas para Suíça e Itália, pesavam 40 quilos. Os agentes federais acreditam que mais de 20 quilos eram de cocaína.

Carlos Sérgio foi quem encomendou a roupa a traficantes colombianos que têm representantes em Mato Grosso do Sul. Elas foram preparadas num hotel, num bairro afastado do centro de Campo Grande, e foram entregues para Jonas Monteiro da Veiga, 26 anos, e Juliano dos Santos Florentino, 25. Eles foram orientados a se hospedar no flat da rua Frei Caneca, em São Paulo, onde seriam procurados pelos argentinos.

Os policiais acompanharam todo o processo de hospedagem e contato. Os quatro foram presos quando se reuniram num dos apartamentos. Eles se negaram a dar declarações.

Os peritos da PF informaram que o método de levar cocaína "impregnada" nas roupas não é novo. Usando uma solução de cloridrato, as roupas – principalmente de lã e algodão, que tem maior poder de absorção – são mergulhadas em tanques com cocaína. Quando secas, ficam engomadas.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;