Fechar
Publicidade

Sábado, 16 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Rússia desmente informaçoes alemas sobre o 'Kursk'


Do Diário do Grande ABC

08/09/2000 | 12:27


A porta-voz do vice-primeiro ministro da Rússia, Oksana Onichenko, negou nesta sexta-feira a informaçao divulgada pela imprensa alema que diz que o submarino Kursk foi afundado por um míssil russo.

``Esta versao dos fatos é totalmente falsa e infundada'', afirmou a porta-voz. Klebanov, que dirige a investigaçao governamental sobre a tragédia, já desmentiu várias vezes esta versao.

O porta-voz da Marinha russa, Igor Dygalo, também qualificou de infundada a informaçao do jornal alemao Berliner Zeitung, assegurando que os mísseis e torpedos utilizados durante as manobras nao sao equipados com ogivas.

O jornal alemao, citando um informe do serviço de inteligência russo FSB, que participa na investigaçao, afirmou nesta sexta-feira que o submarino nuclear Kursk, que carregava 118 tripulantes, foi afundado por um míssil anti-submarino disparado pelo cruzador russo 'Pedro O Grande' durante um treinamento.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Rússia desmente informaçoes alemas sobre o 'Kursk'

Do Diário do Grande ABC

08/09/2000 | 12:27


A porta-voz do vice-primeiro ministro da Rússia, Oksana Onichenko, negou nesta sexta-feira a informaçao divulgada pela imprensa alema que diz que o submarino Kursk foi afundado por um míssil russo.

``Esta versao dos fatos é totalmente falsa e infundada'', afirmou a porta-voz. Klebanov, que dirige a investigaçao governamental sobre a tragédia, já desmentiu várias vezes esta versao.

O porta-voz da Marinha russa, Igor Dygalo, também qualificou de infundada a informaçao do jornal alemao Berliner Zeitung, assegurando que os mísseis e torpedos utilizados durante as manobras nao sao equipados com ogivas.

O jornal alemao, citando um informe do serviço de inteligência russo FSB, que participa na investigaçao, afirmou nesta sexta-feira que o submarino nuclear Kursk, que carregava 118 tripulantes, foi afundado por um míssil anti-submarino disparado pelo cruzador russo 'Pedro O Grande' durante um treinamento.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;