Fechar
Publicidade

Sábado, 19 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Liga dos Campeões começa nesta terça e vai pagar mais de 1 bi de euros em prêmios



13/09/2016 | 07:00


Pela primeira vez na história, a premiação total da Liga dos Campeões da Europa vai ultrapassar a marca do bilhão. O prêmio total que a Uefa vai distribuir para participantes que iniciam nesta terça-feira a disputa da fase de grupos do torneio de clubes mais valorizado do mundo chega a 1,257 bilhão de euros (R$ 4,635 bilhões). Só o campeão vai receber 54 milhões de euros (R$ 210 milhões). O vencedor da Copa Libertadores, por exemplo, ganha de R$ 29 milhões.

A entidade divide premiações de dois formas. A premiação fixa varia conforme o desempenho do time. Quanto mais ele avança, mais ele ganha. Cada um dos 32 clubes na fase de grupos receberá 12 milhões de euros. A forma variável considera o dinheiro que cada país arrecada por meio da venda de direitos de TV. Ela acompanha a campanha do clube na competição nacional na temporada anterior e o número de partidas na Liga dos Campeões atual.

Além disso terão direito aos bônus de desempenho: 1,5 milhão de euros por vitória e 500 mil euros por empate na fase de grupos. As equipes que disputarem as oitavas de final receberão, cada uma, 5,5 milhões de euros. A dinheirama vai subindo. O campeão receberá ainda mais 15 milhões de euros, enquanto que o segundo colocado ficará com mais 10,5 milhões de euros. Com isso, o clube poderá receber, na melhor hipótese, 54,5 milhões de euros.

Nos últimos anos, os principais candidatos a essa bolada não mudaram. Barcelona, Bayern de Munique e Real Madrid conquistaram os quatro títulos desde 2012/2013. O último clube diferente desse trio foi o Chelsea, um ano antes.

O cenário não deverá se alternar nos próximos anos. A partir de 2018, as quatro maiores ligas do futebol europeu (Inglaterra, Espanha, Alemanha e Itália) passarão a ter quatro vagas garantidas na fase de grupos. Atualmente, Inglaterra, Espanha e Alemanha têm direito a três vagas diretas na fase de grupos; a Itália tem duas.

ESTREIA - O Barcelona estreia nesta terça-feira. Campeão pela última vez na temporada 2014/2015, o time espanhol vai em busca de seu sexto título. Além do Celtic, da Escócia, adversário desta primeira rodada, o grupo tem Manchester City e Borussia Mönchengladbach. Com seis jogadores novos, a equipe da Catalunha tenta desbancar o arquirrival Real Madrid, atual campeão.

É grande a chance de o trio MSN iniciar a primeira pela primeira vez após quase quatro meses. Luis Suárez e Neymar estão bem, mas Messi é dúvida, pois ainda não está recuperado de dores no púbis.

Na Inglaterra, o Manchester City do técnico Pep Guardiola tenta manter o embalo depois da vitória fora de casa contra o rival Manchester United, pelo Campeonato Inglês. O rival será o time alemão. O principal confronto do grupo, Barcelona x Manchester City, que vai marcar o reencontro de Guardiola com o clube catalão, será em 19 de outubro.

Na Alemanha, o técnico italiano Carlo Ancelotti disse estar ciente da expectativa de título do Bayern de Munique, mas destacou que o primeiro passo é terminar na liderança da chave. O time pega o Rostov, da Rússia. "Estou feliz de ter conquistado o torneio em três oportunidades, mas a final ainda está longe", disse. A novidade deve ser a volta do chileno Arturo Vidal. Boateng e Robben estão lesionados.

Os outros jogos desta terça-feira são: Paris Saint-Germain x Arsenal, Dínamo de Kiev x Napoli, Benfica x Besiktas, Basel x Ludogorets Razgrad e PSV Eindhoven x Atlético de Madrid.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;