Fechar
Publicidade

Domingo, 28 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

No Pacaembu, Palmeiras enfrenta o Grêmio e começa série de jogos sem sua arena



02/06/2016 | 06:20


O Palmeiras inicia nesta quinta-feira a sua sina de, mesmo sendo o mandante, jogar fora do estádio Allianz Parque, em São Paulo, no Campeonato Brasileiro. A dura rotina começa nesta quinta rodada e o primeiro compromisso será contra o Grêmio, às 21 horas, no estádio do Pacaembu. No total, em nove dos 19 jogos em que deveria jogar em sua arena, o time alviverde terá de buscar outro local.

A história vai se repetir nos jogos contra Santa Cruz, América-MG, Santos, São Paulo, Flamengo, Coritiba, Cruzeiro e Sport. E mais um ou dois jogos da Copa do Brasil, dependendo de sorteio. Além da questão técnica, já que o Palmeiras tem mostrado mais força quando atua em casa, existe também um prejuízo financeiro. Neste ano, nos jogos em que fez no Pacaembu, o time teve rendas líquidas baixas. A maior foi no clássico contra o Corinthians quando arrecadou R$ 218.946,58.

Já no Allianz Parque, o time sempre tem, pelo menos, R$ 500 mil de renda líquida nesta temporada.

Tecnicamente, o técnico Cuca tem excelente retrospecto na arena no comando da equipe. Foram quatro jogos com 100% de aproveitamento, 12 gols marcados e nenhum sofrido. "Não deixaremos de jogar no Allianz porque a gente quer, mas por forças maiores e temos que ver que o Pacaembu será nossa casa. Precisamos do apoio do torcedor, pois temos um time jovem e aguerrido", avisou o treinador.

O atacante Dudu acredita que o time pode sentir a mudança de local da partida, mas deve se adaptar rapidamente. "Claro que é melhor jogarmos na nossa casa, mas também estamos acostumados com o Pacaembu e devemos entrar ligados no jogo, independente do local, pois precisamos da vitória", comentou o atacante.

A equipe alviverde não poderá atuar em sua casa porque neste sábado haverá no local o show do cantor italiano Eros Ramazzotti e a arena está fechada do dia 29 de maio até segunda-feira. Depois, ela fecha novamente entre os dias 16 e 19 de junho para eventos corporativos e impede a realização das partidas contra Santa Cruz e América-MG.

Em julho, a arena receberá mais eventos e ficará fechada entre os dias 4 e 12. Assim, o clássico contra o Santos, que será no dia 9 ou 10 (a CBF ainda não definiu a data) deverá ser disputado em outro estádio.

COPA DO BRASIL - No mês de agosto, não tem partidas do Brasileirão que serão prejudicadas, mas o problema pode ocorrer na Copa do Brasil. O time entrará nas oitavas de final e os dois jogos da fase serão em dias que a arena estará fechada - 24/8 e 21/9.

O distanciamento de casa continua em setembro, mês onde mais a equipe sofrerá, pois a arena ficará fechada entre os dias 7 e 25. Além do jogo da Copa do Brasil, os comandados de Cuca não poderão jogar em seus domínios contra o São Paulo (7 ou 8), Flamengo (14 ou 15) e Coritiba (24 e 25).

Outubro terá dois shows na arena e o local já foi reservado entre os dias 2 e 24. O cantor italiano Andrea Bocelli se apresenta nos dias 12 e 13 e a banda Aerosmith estará presente no dia 22. Assim, o confronto contra o Cruzeiro (12 ou 13) também não será na arena.

Em novembro, não há eventos marcados no local até o momento, enquanto que em dezembro a arena será utilizada pela WTorre entre os dias 1 e 19, mas o Palmeiras não deverá receber partidas neste período.

"Claro que preferimos jogar no Allianz Parque. Conhecemos bem o estádio, a torcida se sente melhor e nós também, mas como o Cuca falou, o Pacaembu também é a nossa casa", minimizou o meia Moisés.

TIME - Como tem acontecido nos últimos treinamentos táticos, Cuca não deixou a imprensa ver muito do treinamento desta quarta-feira. Entretanto, o lateral-esquerdo Egídio não apareceu no gramado e a tendência é que seja desfalque. Zé Roberto deve ser mantido. Na frente, com a entrada de Moisés, Róger Guedes é o mais cotado para perder a posição. Outras opções seriam Gabriel Jesus e Dudu.

"O Cuca ainda não confirmou nem para mim. Treinamos algumas situações, onde eu começa e outra eu ia entrando e falou que vai definir o time na preleção", assegurou Moisés, tentando despistar sobre quem jogará.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;