Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 6 de Abril

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Médico francês é detido após contratar assassino pela Internet


Da AFP

01/04/2005 | 13:05


Um médico francês foi detido em Paris por ter contratado pela Internet um assassino para matar o parceiro de sua amante. A informação foi divulgada nesta sexta-feira por fontes policiais.

O homem, de 27 anos, mantinha há algumas semanas uma relação com uma colega do hospital, e não suportou que ela, que vivia com outro homem, dissesse que queria parar de vê-lo.

No início de março, ele pôs um anúncio na Internet, procurando alguém que "eliminasse um indivíduo", de quem deu uma descrição física e informações sobre seu trabalho ou local de residência.

Em seguida, ele entrou em contato com um segurança particular de Marselha (sudeste), que se arrependeu em seguida e chamou a polícia.

O médico, de boa família e brilhante profissional, havia previsto que o assassinato de seu rival ocorresse no fim de março, ao mesmo tempo em que ele participava de um simpósio, o que lhe daria um álibi perfeito.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Médico francês é detido após contratar assassino pela Internet

Da AFP

01/04/2005 | 13:05


Um médico francês foi detido em Paris por ter contratado pela Internet um assassino para matar o parceiro de sua amante. A informação foi divulgada nesta sexta-feira por fontes policiais.

O homem, de 27 anos, mantinha há algumas semanas uma relação com uma colega do hospital, e não suportou que ela, que vivia com outro homem, dissesse que queria parar de vê-lo.

No início de março, ele pôs um anúncio na Internet, procurando alguém que "eliminasse um indivíduo", de quem deu uma descrição física e informações sobre seu trabalho ou local de residência.

Em seguida, ele entrou em contato com um segurança particular de Marselha (sudeste), que se arrependeu em seguida e chamou a polícia.

O médico, de boa família e brilhante profissional, havia previsto que o assassinato de seu rival ocorresse no fim de março, ao mesmo tempo em que ele participava de um simpósio, o que lhe daria um álibi perfeito.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;