Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 19 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Docentes descartam greve, apesar de crise

Celso Luiz/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Yara Ferraz
do Diário do Grande ABC

02/12/2016 | 07:07


Apesar de estarem com o salário atrasado há um mês, professores da FSA (Fundação Santo André) optaram por não entrar em greve, conforme assembleia realizada ontem. O Sinpro-ABC (Sindicato dos Professores do ABC) afirma que vai solicitar reunião com a reitoria para conversar sobre a situação difícil, que se arrasta desde 2014.

A justificativa dos docentes que votaram contra a paralisação é a proximidade do vestibular da instituição, que acontece no domingo. Conforme os participantes, a decisão poderia prejudicar a matrícula de novos alunos na FSA.

A maioria dos 400 professores não compareceu à reunião. “É um momento de vestibular e, apesar de estarmos com pauta de reivindicações que seria apresentada em caso de greve, vamos continuar cobrando. Nossa principal preocupação é que o salário seja pago”, disse o presidente do sindicato, José Jorge Maggio.

Conforme a entidade, o salário do mês de outubro, que deveria ter sido pago no quinto dia útil de novembro, foi depositado parcialmente ontem. Os profissionais receberam quantia de R$ 500 e a previsão é que os vencimentos relativos a novembro também atrasem. “O 13º salário do ano passado não foi pago aos professores e já está em âmbito da Justiça. O deste ano também não foi acertado”, contou Maggio.

A instituição, que mantém cerca de 6.000 alunos e oferece 29 cursos de graduação, passa por grave situação financeira desde 2014. No ano passado, o professor José Amilton de Souza renunciou ao cargo de reitor. Questionada sobre a assembleia e sobre os atrasos, a FSA não retornou até o fechamento desta edição.
 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Docentes descartam greve, apesar de crise

Yara Ferraz
do Diário do Grande ABC

02/12/2016 | 07:07


Apesar de estarem com o salário atrasado há um mês, professores da FSA (Fundação Santo André) optaram por não entrar em greve, conforme assembleia realizada ontem. O Sinpro-ABC (Sindicato dos Professores do ABC) afirma que vai solicitar reunião com a reitoria para conversar sobre a situação difícil, que se arrasta desde 2014.

A justificativa dos docentes que votaram contra a paralisação é a proximidade do vestibular da instituição, que acontece no domingo. Conforme os participantes, a decisão poderia prejudicar a matrícula de novos alunos na FSA.

A maioria dos 400 professores não compareceu à reunião. “É um momento de vestibular e, apesar de estarmos com pauta de reivindicações que seria apresentada em caso de greve, vamos continuar cobrando. Nossa principal preocupação é que o salário seja pago”, disse o presidente do sindicato, José Jorge Maggio.

Conforme a entidade, o salário do mês de outubro, que deveria ter sido pago no quinto dia útil de novembro, foi depositado parcialmente ontem. Os profissionais receberam quantia de R$ 500 e a previsão é que os vencimentos relativos a novembro também atrasem. “O 13º salário do ano passado não foi pago aos professores e já está em âmbito da Justiça. O deste ano também não foi acertado”, contou Maggio.

A instituição, que mantém cerca de 6.000 alunos e oferece 29 cursos de graduação, passa por grave situação financeira desde 2014. No ano passado, o professor José Amilton de Souza renunciou ao cargo de reitor. Questionada sobre a assembleia e sobre os atrasos, a FSA não retornou até o fechamento desta edição.
 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;