Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 17 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Eletropaulo esquece lâmpadas da Anchieta acesas durante o dia


Fábio Munhoz
Do Diário do Grande ABC

14/10/2012 | 07:00


Grande parte das lâmpadas da Via Anchieta permanece acesa durante o dia, quando não há necessidade de iluminação artificial. Há cerca de dois meses, o problema é visto em grande parte do trecho de Planalto da rodovia, que dá acesso à Baixada Santista. A maior quantidade de luminárias em funcionamento no período de claridade fica na marginal da Pista Norte, sentido São Paulo. O esquecimento provoca desperdício de energia elétrica e diminuição do tempo de vida útil da lâmpada.

A Ecovias, empresa que administra o Sistema Anchieta-Imigrantes, informa que a responsabilidade pela iluminação da rodovia é da concessionária AES Eletropaulo.

Procurada pelo Diário, a empresa de energia informa que "faz manutenção periódica na iluminação pública da Via Anchieta" e que, para isso, é necessário manter as lâmpadas acesas em alguns momentos. A concessionária afirma ainda que só possui autorização da Ecovias para fazer serviços durante o dia.

A AES Eletropaulo não comentou o fato de o problema existir há cerca de dois meses e também não informou quando a situação será regularizada.

APAGÃO
Em julho, o Diário publicou reportagem sobre a escuridão na Anchieta do km 10 ao km 23. Em alguns pontos, o motorista encontra trechos com 15 postes apagados em sequência. O problema persiste até hoje e provoca impasse entre as duas concessionárias, que não assumem a responsabilidade pelo conserto. A Prefeitura de São Bernardo afirmou, na época, que é a Ecovias quem deve providenciar os reparos. Os pedágios do SAI custam R$ 21,20, a tarifa mais cara do Brasil.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Eletropaulo esquece lâmpadas da Anchieta acesas durante o dia

Fábio Munhoz
Do Diário do Grande ABC

14/10/2012 | 07:00


Grande parte das lâmpadas da Via Anchieta permanece acesa durante o dia, quando não há necessidade de iluminação artificial. Há cerca de dois meses, o problema é visto em grande parte do trecho de Planalto da rodovia, que dá acesso à Baixada Santista. A maior quantidade de luminárias em funcionamento no período de claridade fica na marginal da Pista Norte, sentido São Paulo. O esquecimento provoca desperdício de energia elétrica e diminuição do tempo de vida útil da lâmpada.

A Ecovias, empresa que administra o Sistema Anchieta-Imigrantes, informa que a responsabilidade pela iluminação da rodovia é da concessionária AES Eletropaulo.

Procurada pelo Diário, a empresa de energia informa que "faz manutenção periódica na iluminação pública da Via Anchieta" e que, para isso, é necessário manter as lâmpadas acesas em alguns momentos. A concessionária afirma ainda que só possui autorização da Ecovias para fazer serviços durante o dia.

A AES Eletropaulo não comentou o fato de o problema existir há cerca de dois meses e também não informou quando a situação será regularizada.

APAGÃO
Em julho, o Diário publicou reportagem sobre a escuridão na Anchieta do km 10 ao km 23. Em alguns pontos, o motorista encontra trechos com 15 postes apagados em sequência. O problema persiste até hoje e provoca impasse entre as duas concessionárias, que não assumem a responsabilidade pelo conserto. A Prefeitura de São Bernardo afirmou, na época, que é a Ecovias quem deve providenciar os reparos. Os pedágios do SAI custam R$ 21,20, a tarifa mais cara do Brasil.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;