Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 14 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

PDT quer Educação, Trabalho ou Previdência; PP fica em Cidades


Do Diário OnLine

14/02/2007 | 09:19


A reforma ministerial de Luiz Inácio Lula da Silva começa a ganhar um esboço. Após se reunir com o PMDB na segunda-feira e prometer ampliar o espaço do partido que detém a maior bancada tanto na Câmara quanto no Senado, o presidente da República se encontrou com os 'caciques' de PDT e PP para definir as 'salas' que estas legendas ocuparão na Esplanada dos Ministérios.

Carlos Lupi, presidente do PDT, exigiu que Lula contemple o partido com uma pasta condizente ao seu passado – Educação, Trabalho ou Previdência. No primeiro mandato do presidente petista, Lula nomeou o senador Cristovam Buarque (PDT-DF) na Educação. No entanto, a falta de diálogo fez com que o parlamentar fosse substituído e se transformasse em um dos principais críticos e adversários de Lula nas eleições presidenciais de 2006.

Já ao PP, Lula foi mais claro e direto prometendo a permanência de Márcio Fortes no Ministério das Cidades. A decisão do presidente, no entanto, pode dar início a uma pequena crise. O PT, anteriormente, teria demonstrado interesse de comandar essa pasta com a ex-prefeita de São Paulo Marta Suplicy (PT-SP).


Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

PDT quer Educação, Trabalho ou Previdência; PP fica em Cidades

Do Diário OnLine

14/02/2007 | 09:19


A reforma ministerial de Luiz Inácio Lula da Silva começa a ganhar um esboço. Após se reunir com o PMDB na segunda-feira e prometer ampliar o espaço do partido que detém a maior bancada tanto na Câmara quanto no Senado, o presidente da República se encontrou com os 'caciques' de PDT e PP para definir as 'salas' que estas legendas ocuparão na Esplanada dos Ministérios.

Carlos Lupi, presidente do PDT, exigiu que Lula contemple o partido com uma pasta condizente ao seu passado – Educação, Trabalho ou Previdência. No primeiro mandato do presidente petista, Lula nomeou o senador Cristovam Buarque (PDT-DF) na Educação. No entanto, a falta de diálogo fez com que o parlamentar fosse substituído e se transformasse em um dos principais críticos e adversários de Lula nas eleições presidenciais de 2006.

Já ao PP, Lula foi mais claro e direto prometendo a permanência de Márcio Fortes no Ministério das Cidades. A decisão do presidente, no entanto, pode dar início a uma pequena crise. O PT, anteriormente, teria demonstrado interesse de comandar essa pasta com a ex-prefeita de São Paulo Marta Suplicy (PT-SP).

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;