Fechar
Publicidade

Sábado, 11 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Contratos de franquia postal são prorrogados por sete meses



09/10/2010 | 07:10


O Ministério das Comunicações anunciou ontem a prorrogação dos contratos de franquia postal por sete meses para assegurar a continuidade da prestação de serviço à população.

Os contratos seriam extintos no dia 10 de novembro, mas, segundo o ministro das Comunicações, José Artur Filardi, será editada na próxima semana medida provisória com a prorrogação, tendo em vista diversas liminares vigentes em todo o País que impedem a continuidade do processo de licitação para contratação de franquias.

Segundo o ministro, a medida foi proposta por ele e pelo presidente dos Correios, David José de Mattos, e aprovada pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva. "É a única forma que temos para não correr o risco (de interrupção dos serviços dos Correios)", disse o ministro.

Atualmente, há 4.424 franquias no País, das quais apenas 227 tiveram os processos de licitação completamente concluídos.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Contratos de franquia postal são prorrogados por sete meses


09/10/2010 | 07:10


O Ministério das Comunicações anunciou ontem a prorrogação dos contratos de franquia postal por sete meses para assegurar a continuidade da prestação de serviço à população.

Os contratos seriam extintos no dia 10 de novembro, mas, segundo o ministro das Comunicações, José Artur Filardi, será editada na próxima semana medida provisória com a prorrogação, tendo em vista diversas liminares vigentes em todo o País que impedem a continuidade do processo de licitação para contratação de franquias.

Segundo o ministro, a medida foi proposta por ele e pelo presidente dos Correios, David José de Mattos, e aprovada pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva. "É a única forma que temos para não correr o risco (de interrupção dos serviços dos Correios)", disse o ministro.

Atualmente, há 4.424 franquias no País, das quais apenas 227 tiveram os processos de licitação completamente concluídos.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;