Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 5 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Nacional

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Polícia prende acusadas de matar família em Petrópolis


Do Diário OnLine

14/05/2001 | 10:57


A polícia prendeu na noite de sábado e na madrugada de domingo cinco mulheres acusadas de envolvimento no assassinato de quatro pessoas de uma tradicional família de Petrópolis, região serrana do Rio de Janeiro, que trabalhavam com venda de jóias.

Com as acusadas de participar da chacina, os policiais da Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense e da 105ª DP (Petrópolis) encontraram dois aparelhos de TV pertencentes à família assassinada, mas a jóias continuam desaparecidas.

Uma das mulheres teria escolhido os pistoleiros da favela do Jacarezinho, entre eles o próprio marido, para assaltar a casa da família Bassani.

A polícia suspeitava que pelos menos um dos criminosos fosse amigo da família pois não foram encontradas marcas de arrombamento nas portas.

Rosemary Bassani, o seu marido e seus pais foram encontrados por um membro da família amordaçados, com os olhos vendados e tiros na cabeça.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Polícia prende acusadas de matar família em Petrópolis

Do Diário OnLine

14/05/2001 | 10:57


A polícia prendeu na noite de sábado e na madrugada de domingo cinco mulheres acusadas de envolvimento no assassinato de quatro pessoas de uma tradicional família de Petrópolis, região serrana do Rio de Janeiro, que trabalhavam com venda de jóias.

Com as acusadas de participar da chacina, os policiais da Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense e da 105ª DP (Petrópolis) encontraram dois aparelhos de TV pertencentes à família assassinada, mas a jóias continuam desaparecidas.

Uma das mulheres teria escolhido os pistoleiros da favela do Jacarezinho, entre eles o próprio marido, para assaltar a casa da família Bassani.

A polícia suspeitava que pelos menos um dos criminosos fosse amigo da família pois não foram encontradas marcas de arrombamento nas portas.

Rosemary Bassani, o seu marido e seus pais foram encontrados por um membro da família amordaçados, com os olhos vendados e tiros na cabeça.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;