Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 7 de Abril

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Fim de greve faz exportações e importações dispararem



19/05/2008 | 07:16


O fim da greve de 56 dias dos auditores da Receita Federal, na semana passada, acabou com o represamento das mercadorias nas aduanas e fez com que a balança comercial batesse recorde histórico. As exportações somaram US$ 5,294 bilhões, com média diária de US$ 1,058 bilhão. As importações totalizaram US$ 4,372 bilhões, com média de US$ 874,4 milhões por dia.

Foram os maiores valores semanais da história do comércio exterior, segundo o MDIC (Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior). O superávit foi de US$ 922 milhões.

O resultado elevou o desempenho da balança no acumulado do mês. O saldo comercial subiu para US$ 2,219 bilhões, uma alta de 15,2% em relação a maio do ano passado. Com isso, inverteu-se, momentaneamente, a tendência verificada nos últimos meses de quedas sucessivas do superávit. O saldo acumulado no ano, de US$ 6,799 bilhões, no entanto, ainda mostra queda de 55,5% na comparação com o mesmo período de 2007.

As exportações somam US$ 10,959 bilhões em maio - expansão de 60,6% ante o mesmo mês de 2007, considerando a média diária. As importações acumulam US$ 8,740 bilhões, alta de 78,5%.

Houve expansão das exportações das três categorias de produtos. Os básicos aumentaram 115,7%, por causa, principalmente, de petróleo bruto, minério de cobre e de ferro, soja e carne. Os semimanufaturados tiveram crescimento de 59,1%, por conta de celulose, ferro-ligas, ferro fundido, semimanufaturados de ferro e aço e alumínio.

Nas importações, os principais aumentos foram com adubos e fertilizantes, combustíveis e lubrificantes, automóveis e partes, cobre e suas obras e siderúrgicos.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Fim de greve faz exportações e importações dispararem


19/05/2008 | 07:16


O fim da greve de 56 dias dos auditores da Receita Federal, na semana passada, acabou com o represamento das mercadorias nas aduanas e fez com que a balança comercial batesse recorde histórico. As exportações somaram US$ 5,294 bilhões, com média diária de US$ 1,058 bilhão. As importações totalizaram US$ 4,372 bilhões, com média de US$ 874,4 milhões por dia.

Foram os maiores valores semanais da história do comércio exterior, segundo o MDIC (Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior). O superávit foi de US$ 922 milhões.

O resultado elevou o desempenho da balança no acumulado do mês. O saldo comercial subiu para US$ 2,219 bilhões, uma alta de 15,2% em relação a maio do ano passado. Com isso, inverteu-se, momentaneamente, a tendência verificada nos últimos meses de quedas sucessivas do superávit. O saldo acumulado no ano, de US$ 6,799 bilhões, no entanto, ainda mostra queda de 55,5% na comparação com o mesmo período de 2007.

As exportações somam US$ 10,959 bilhões em maio - expansão de 60,6% ante o mesmo mês de 2007, considerando a média diária. As importações acumulam US$ 8,740 bilhões, alta de 78,5%.

Houve expansão das exportações das três categorias de produtos. Os básicos aumentaram 115,7%, por causa, principalmente, de petróleo bruto, minério de cobre e de ferro, soja e carne. Os semimanufaturados tiveram crescimento de 59,1%, por conta de celulose, ferro-ligas, ferro fundido, semimanufaturados de ferro e aço e alumínio.

Nas importações, os principais aumentos foram com adubos e fertilizantes, combustíveis e lubrificantes, automóveis e partes, cobre e suas obras e siderúrgicos.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;