Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 13 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

PMDB de Diadema ainda não foi reintegrado ao governo


Gustavo Pinchiaro
Do Diário do Grande ABC

26/11/2010 | 07:01


O ex-secretário de Defesa Social de Diadema José Francisco Alves (PMDB) ainda não foi reintegrado ao primeiro escalão pelo prefeito Mário Reali (PT). Alves pediu exoneração durante o período eleitoral para trabalhar na campanha a deputada estadual da vereadora Cida Ferreira (PMDB). A secretaria faz parte do acordo entre o PMDB e Reali, para garantir a peemedebista na bancada governista na Câmara.

A função de Alves está sendo exercida por Arquimedes Andrade (PT), ex-chefe de gabinete do ex-prefeito e deputado federal eleito José de Filippi Júnior (PT). Com a saída temporária, o PMDB passou a cobiçar outro espaço no governo: Secretaria de Transportes. Segundo Cida Ferreira, a Pasta, que já foi ocupada por Alves na gestão passada, é vista como "ideal". "Estamos esperando a proposta. O PMDB não pode ficar fora do governo", explicou Cida.

Reali também está disposto a trocar o posto do PMDB. Segundo comentários de bastidor, Alves está cotado para assumir a Fundação Florestan Fernandez. A especulação foi confirmada por Cida. "Acho que o peso é o mesmo. Ele teria status de secretário, a Fundação equivale a uma autarquia", definiu.

Alves não será, necessariamente, o representante do partido no primeiro escalão. A negociação entre governo e PMDB está sendo feita pelo presidente da legenda, Eduardo Rosário dos Santos, que ocupa o cargo de diretor na Secretaria de Trânsito, segundo Cida. "Estamos indicando ele (Alves), mas podemos mudar."

 

SEM CONVERSA

A Secretaria de Transportes é dirigida por Ricardo Perez, nome indicado pelo PT. O partido não pretende abrir mão do setor.Pelo contrário, quer ampliar o espaço político. As linhas de transporte público administradas pela ETCD (Empresa de Transporte Coletivo de Diadema) - 40% - estão em processo de licitação. A companhia será extinta. "A Secretaria de Transportes vai garantir a funcionalidade do sistema público. Se há interesse de outro partido e o prefeito está disposto a atender, ele deverá falar com a gente primeiro. Até agora ele não disse nada, mas nós não estamos dispostos a perder este espaço", declarou o presidente do PT de Diadema, Josemundo Queiroz, o Josa.

 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

PMDB de Diadema ainda não foi reintegrado ao governo

Gustavo Pinchiaro
Do Diário do Grande ABC

26/11/2010 | 07:01


O ex-secretário de Defesa Social de Diadema José Francisco Alves (PMDB) ainda não foi reintegrado ao primeiro escalão pelo prefeito Mário Reali (PT). Alves pediu exoneração durante o período eleitoral para trabalhar na campanha a deputada estadual da vereadora Cida Ferreira (PMDB). A secretaria faz parte do acordo entre o PMDB e Reali, para garantir a peemedebista na bancada governista na Câmara.

A função de Alves está sendo exercida por Arquimedes Andrade (PT), ex-chefe de gabinete do ex-prefeito e deputado federal eleito José de Filippi Júnior (PT). Com a saída temporária, o PMDB passou a cobiçar outro espaço no governo: Secretaria de Transportes. Segundo Cida Ferreira, a Pasta, que já foi ocupada por Alves na gestão passada, é vista como "ideal". "Estamos esperando a proposta. O PMDB não pode ficar fora do governo", explicou Cida.

Reali também está disposto a trocar o posto do PMDB. Segundo comentários de bastidor, Alves está cotado para assumir a Fundação Florestan Fernandez. A especulação foi confirmada por Cida. "Acho que o peso é o mesmo. Ele teria status de secretário, a Fundação equivale a uma autarquia", definiu.

Alves não será, necessariamente, o representante do partido no primeiro escalão. A negociação entre governo e PMDB está sendo feita pelo presidente da legenda, Eduardo Rosário dos Santos, que ocupa o cargo de diretor na Secretaria de Trânsito, segundo Cida. "Estamos indicando ele (Alves), mas podemos mudar."

 

SEM CONVERSA

A Secretaria de Transportes é dirigida por Ricardo Perez, nome indicado pelo PT. O partido não pretende abrir mão do setor.Pelo contrário, quer ampliar o espaço político. As linhas de transporte público administradas pela ETCD (Empresa de Transporte Coletivo de Diadema) - 40% - estão em processo de licitação. A companhia será extinta. "A Secretaria de Transportes vai garantir a funcionalidade do sistema público. Se há interesse de outro partido e o prefeito está disposto a atender, ele deverá falar com a gente primeiro. Até agora ele não disse nada, mas nós não estamos dispostos a perder este espaço", declarou o presidente do PT de Diadema, Josemundo Queiroz, o Josa.

 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;