Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 16 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Projetos importantes não têm parecer em São Bernardo


Rogério Santos
Do Diário do Grande ABC

15/11/2012 | 07:00


Depois de aprovar o Orçamento municipal para o exercício de 2013, de R$ 4,467 bilhões, a Câmara de São Bernardo voltou a ter uma sessão improdutiva ontem.

Os vereadores aprovaram apenas a nomeação de ruas no bairro Botujuru, que passou por um processo de regularização fundiária. Entre os homenagedos nas vias estão a escritora Raquel de Queiroz e alguns moradores que atuaram pelo desenvolvimento do bairro.

Foram apresentados dois projetos em regime de urgência. O primeiro, autoriza a Prefeitura a contrair empréstimo de R$ 135 milhões junto à Caixa Econômica Federal, de contrapartida ao PAC 2 (Programa de Aceleração do Crescimento), para obras de Mobilidade Urbana, Habitação e drenagem.

A outra propositura altera o Plano Diretor de São Bernardo, aprovado em novembro de 2011. As mudanças visam adequar a lei municipal à legislação estadual, sobre licenciamento ambiental em área de mananciais.

Mas, o presidente da comissão de Constituição e Justiça da casa, vereador Admir Ferro (PSDB), não concedeu parecer aos projetos, justificando que precisava de mais tempo para analisá-los.

A bancada governista não demonstrou empenho para que as matérias fossem apreciadas e elas serão rediscutidas semana que vem.

Entre um recesso e outro, o vereador José Ferreira (PT) apresentou requerimento de congratulação ao ministro da Justiça, José Eduardo Cardoso (PT), pela colaboração ao governador Geraldo Alckmin (PSDB) no combate à onda de violência na Região Metropolitana.

Ferro apresentou emenda ao requerimento, para que o nome de Alckmin também seja incluído na homenagem proposta pelo petista, mas a sessão terminou sem que o requerimento fosse votado.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Projetos importantes não têm parecer em São Bernardo

Rogério Santos
Do Diário do Grande ABC

15/11/2012 | 07:00


Depois de aprovar o Orçamento municipal para o exercício de 2013, de R$ 4,467 bilhões, a Câmara de São Bernardo voltou a ter uma sessão improdutiva ontem.

Os vereadores aprovaram apenas a nomeação de ruas no bairro Botujuru, que passou por um processo de regularização fundiária. Entre os homenagedos nas vias estão a escritora Raquel de Queiroz e alguns moradores que atuaram pelo desenvolvimento do bairro.

Foram apresentados dois projetos em regime de urgência. O primeiro, autoriza a Prefeitura a contrair empréstimo de R$ 135 milhões junto à Caixa Econômica Federal, de contrapartida ao PAC 2 (Programa de Aceleração do Crescimento), para obras de Mobilidade Urbana, Habitação e drenagem.

A outra propositura altera o Plano Diretor de São Bernardo, aprovado em novembro de 2011. As mudanças visam adequar a lei municipal à legislação estadual, sobre licenciamento ambiental em área de mananciais.

Mas, o presidente da comissão de Constituição e Justiça da casa, vereador Admir Ferro (PSDB), não concedeu parecer aos projetos, justificando que precisava de mais tempo para analisá-los.

A bancada governista não demonstrou empenho para que as matérias fossem apreciadas e elas serão rediscutidas semana que vem.

Entre um recesso e outro, o vereador José Ferreira (PT) apresentou requerimento de congratulação ao ministro da Justiça, José Eduardo Cardoso (PT), pela colaboração ao governador Geraldo Alckmin (PSDB) no combate à onda de violência na Região Metropolitana.

Ferro apresentou emenda ao requerimento, para que o nome de Alckmin também seja incluído na homenagem proposta pelo petista, mas a sessão terminou sem que o requerimento fosse votado.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;