Fechar
Publicidade

Domingo, 15 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Para Carlos Grana, prefeito está com medo da rua


Cadu Proieti
do Diário do Grande ABC

14/07/2012 | 07:00


Em mais uma atividade corpo a corpo, o candidato do PT, Carlos Grana, disse que o adversário governista. Aidan Ravin (PTB), pode estar com medo de fazer campanha nas ruas por temer questionamentos da população sobre o atual governo. "Talvez ele esteja receoso, porque vai ser muito cobrado", afirmou o postulante. O petebista não realizou atividades eleitorais externas durante esta semana.

O candidato disse que, nas ações iniciais da campanha, está ouvindo vários munícipes descontentes com o governo Aidan. "É impressionante o número de reclamações que estou recebendo da atual administração. São muitas, principalmente na área da Saúde", relatou.

Apesar das alfinetadas, o petista resolveu não fazer duras críticas às estratégias do adversário. "Vou evitar dar palpite na campanha dos concorrentes. Cada um sabe o grau de aceitação e reprovação que tem na cidade", amenizou.

Os dois se encontraram ontem à noite no 29º Jantar em comemoração ao Dia do Panificador. O atual prefeito minimizou os ataques dizendo que fará "campanha limpa".

Durante a tarde, Grana realizou caminhada no Jardim Sorocaba, acompanhada vice Oswana Famelli (PRP), militantes do partido e candidatos a vereador. "Estive aqui na minha campanha para deputado estadual. Agora, a recepção foi bem melhor. As pessoas estão começando dar conta que estamos nas eleições", disse.

O prefeiturável explicou o motivo da visita ao bairro nesse início de campanha. "Aqui tem número de simpatizantes do PT muito grande. As administrações do Celso Daniel e João Avamileno fizeram muito por esse bairro que, hoje, está urbanizado", comentou.

A região é de periferia. O cenário encontrado pelo candidato foi de muitos bares e crianças pelas ruas, com opções de lazer reduzidas. Grana disse que as melhorias realizadas pelas gestões petistas no local foram paralisadas por Aidan. "O problema foi a descontinuidade. Se olharmos os últimos três anos e meio, não aconteceu nada de investimento aqui por parte da administração municipal. Ou seja, foi interrompido um processo."

O fato inusitado que marcou a atividade na tarde de ontem foi a presença de um popular animado que participou de grande parte da caminhada ao lado de Grana, cantando versos improvisados de apoio ao candidato. Em várias oportunidades o petista bateu palmas e também puxou o ‘novo' jingle. "Não lembro a letra, mas o pessoal da assessoria gostou e anotou", brincou o prefeiturável.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Para Carlos Grana, prefeito está com medo da rua

Cadu Proieti
do Diário do Grande ABC

14/07/2012 | 07:00


Em mais uma atividade corpo a corpo, o candidato do PT, Carlos Grana, disse que o adversário governista. Aidan Ravin (PTB), pode estar com medo de fazer campanha nas ruas por temer questionamentos da população sobre o atual governo. "Talvez ele esteja receoso, porque vai ser muito cobrado", afirmou o postulante. O petebista não realizou atividades eleitorais externas durante esta semana.

O candidato disse que, nas ações iniciais da campanha, está ouvindo vários munícipes descontentes com o governo Aidan. "É impressionante o número de reclamações que estou recebendo da atual administração. São muitas, principalmente na área da Saúde", relatou.

Apesar das alfinetadas, o petista resolveu não fazer duras críticas às estratégias do adversário. "Vou evitar dar palpite na campanha dos concorrentes. Cada um sabe o grau de aceitação e reprovação que tem na cidade", amenizou.

Os dois se encontraram ontem à noite no 29º Jantar em comemoração ao Dia do Panificador. O atual prefeito minimizou os ataques dizendo que fará "campanha limpa".

Durante a tarde, Grana realizou caminhada no Jardim Sorocaba, acompanhada vice Oswana Famelli (PRP), militantes do partido e candidatos a vereador. "Estive aqui na minha campanha para deputado estadual. Agora, a recepção foi bem melhor. As pessoas estão começando dar conta que estamos nas eleições", disse.

O prefeiturável explicou o motivo da visita ao bairro nesse início de campanha. "Aqui tem número de simpatizantes do PT muito grande. As administrações do Celso Daniel e João Avamileno fizeram muito por esse bairro que, hoje, está urbanizado", comentou.

A região é de periferia. O cenário encontrado pelo candidato foi de muitos bares e crianças pelas ruas, com opções de lazer reduzidas. Grana disse que as melhorias realizadas pelas gestões petistas no local foram paralisadas por Aidan. "O problema foi a descontinuidade. Se olharmos os últimos três anos e meio, não aconteceu nada de investimento aqui por parte da administração municipal. Ou seja, foi interrompido um processo."

O fato inusitado que marcou a atividade na tarde de ontem foi a presença de um popular animado que participou de grande parte da caminhada ao lado de Grana, cantando versos improvisados de apoio ao candidato. Em várias oportunidades o petista bateu palmas e também puxou o ‘novo' jingle. "Não lembro a letra, mas o pessoal da assessoria gostou e anotou", brincou o prefeiturável.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;