Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 27 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Adilson admite falha
em gol do Goiás

Jogador diz que errou, mas prevê time forte na volta, em Goiânia, na quarta-feira


Derek Bittencourt
do Diário do Grande ABC

13/05/2013 | 07:06


O Santo André ainda tem uma semana e meia para trabalhar até o segundo jogo contra o Goiás, dia 15, em Goiânia, pela segunda fase da Copa do Brasil. Neste meio-tempo, a comissão técnica promete analisar todos os erros do primeiro jogo e vai buscar encontrar métodos de parar as principais armas do adversário. Mas o objetivo inicial, de acordo com o técnico Dedimar, é corrigir as próprias falhas e o goleiro Adilson admitiu que teve culpa no primeiro tento dos goianos.

O Ramalhão vencia por 1 a 0 quando Walter sofreu falta na entrada da área. O arqueiro andreense armou a barreira e posicionou-se, mas acabou surpreendido com um chute forte do próprio atacante adversário - a bola entrou no mesmo lado que Adilson estava, para lamentação do defensor. "O sol não é desculpa. Goleiro tomar gol no canto que está é falha mesmo. Não podem acontecer falhas individuais e neste jogo tivemos", admitiu o goleiro, indicando inclusive outros problemas que o time apresentou durante o jogo que favoreceram o rival.

Mas o camisa um está com moral no elenco. Ganhou a posição de Rodrigo Viana, que havia participado dos 19 jogos do Campeonato Paulista da Série A-2 e recebeu elogios do técnico Dedimar mesmo após a falha. Na visão do treinador, não fossem as defesas de Adilson no segundo jogo contra o Veranópolis-RS, o Ramalhão não teria chegado a segunda fase da Copa do Brasil.

E com esse respaldo, o goleiro celebra a possibilidade de o Santo André reverter a vantagem obtida pelo Goiás (venceu no Bruno Daniel por 3 a 2), sobretudo pelo gol feito pelo atacante Gustavo no fim do jogo - naquela altura, o time estava sendo eliminado.

"Deu mais uma vida para irmos a Goiânia buscar o resultado. "Foi como uma vitamina nova, uma força a mais. Vale ressaltar também a sorte e competência do Gustavo em fazer esse gol", afirmou Adilson. "Os 18 ou 19 que forem (para o Serra Dourada) vão tentar fazer o melhor", concluiu.



Adilson admite falha
em gol do Goiás

Jogador diz que errou, mas prevê time forte na volta, em Goiânia, na quarta-feira

Derek Bittencourt
do Diário do Grande ABC

13/05/2013 | 07:06


O Santo André ainda tem uma semana e meia para trabalhar até o segundo jogo contra o Goiás, dia 15, em Goiânia, pela segunda fase da Copa do Brasil. Neste meio-tempo, a comissão técnica promete analisar todos os erros do primeiro jogo e vai buscar encontrar métodos de parar as principais armas do adversário. Mas o objetivo inicial, de acordo com o técnico Dedimar, é corrigir as próprias falhas e o goleiro Adilson admitiu que teve culpa no primeiro tento dos goianos.

O Ramalhão vencia por 1 a 0 quando Walter sofreu falta na entrada da área. O arqueiro andreense armou a barreira e posicionou-se, mas acabou surpreendido com um chute forte do próprio atacante adversário - a bola entrou no mesmo lado que Adilson estava, para lamentação do defensor. "O sol não é desculpa. Goleiro tomar gol no canto que está é falha mesmo. Não podem acontecer falhas individuais e neste jogo tivemos", admitiu o goleiro, indicando inclusive outros problemas que o time apresentou durante o jogo que favoreceram o rival.

Mas o camisa um está com moral no elenco. Ganhou a posição de Rodrigo Viana, que havia participado dos 19 jogos do Campeonato Paulista da Série A-2 e recebeu elogios do técnico Dedimar mesmo após a falha. Na visão do treinador, não fossem as defesas de Adilson no segundo jogo contra o Veranópolis-RS, o Ramalhão não teria chegado a segunda fase da Copa do Brasil.

E com esse respaldo, o goleiro celebra a possibilidade de o Santo André reverter a vantagem obtida pelo Goiás (venceu no Bruno Daniel por 3 a 2), sobretudo pelo gol feito pelo atacante Gustavo no fim do jogo - naquela altura, o time estava sendo eliminado.

"Deu mais uma vida para irmos a Goiânia buscar o resultado. "Foi como uma vitamina nova, uma força a mais. Vale ressaltar também a sorte e competência do Gustavo em fazer esse gol", afirmou Adilson. "Os 18 ou 19 que forem (para o Serra Dourada) vão tentar fazer o melhor", concluiu.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;