Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 20 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Ladrão rouba moto e acaba executado no Jardim Zaíra

Delegacia de Homicídios de Santo André investiga a morte de Diego Vieira Franco


Rafael Ribeiro
do Diário do Grande ABC

03/07/2012 | 07:00


A Delegacia de Homicídios de Santo André investiga a morte de Diego Vieira Franco, 25 anos, morto com cinco tiros no Jardim Zaíra, em Mauá, na madrugada de ontem, poucos minutos após roubar uma moto de um metalúrgico em rua próxima.

O metalúrgico, 18, deixava a casa da namorada quando foi abordado por Franco, que estava armado. Ele estava ligando para a Polícia Militar quando ouviu os tiros e foi avisado por populares que uma moto Yamaha vermelha com as mesmas características que a sua estava ao lado de um morto. Bastou chegar próximo para reconhecer o ladrão.

As investigações mostram que Franco morava há poucos meses no bairro, vindo de Ferraz de Vasconcelos. O roubo da moto ocorreu próximo de um ponto de venda de drogas, o que pode ter motivado retaliações.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Ladrão rouba moto e acaba executado no Jardim Zaíra

Delegacia de Homicídios de Santo André investiga a morte de Diego Vieira Franco

Rafael Ribeiro
do Diário do Grande ABC

03/07/2012 | 07:00


A Delegacia de Homicídios de Santo André investiga a morte de Diego Vieira Franco, 25 anos, morto com cinco tiros no Jardim Zaíra, em Mauá, na madrugada de ontem, poucos minutos após roubar uma moto de um metalúrgico em rua próxima.

O metalúrgico, 18, deixava a casa da namorada quando foi abordado por Franco, que estava armado. Ele estava ligando para a Polícia Militar quando ouviu os tiros e foi avisado por populares que uma moto Yamaha vermelha com as mesmas características que a sua estava ao lado de um morto. Bastou chegar próximo para reconhecer o ladrão.

As investigações mostram que Franco morava há poucos meses no bairro, vindo de Ferraz de Vasconcelos. O roubo da moto ocorreu próximo de um ponto de venda de drogas, o que pode ter motivado retaliações.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;