Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 19 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Profissionais do Hospital Anchieta conquistam centro informatizado


Ângela Corrêa
Do Diário do Grande ABC

17/11/2004 | 09:04


O Hospital de Ensino Padre Anchieta, em São Bernardo, inaugura na quinta-feira, às 10h, o Centro de Estudos Professor Doutor Luiz Henrique Camargo Paschoal, criado para facilitar o trabalho de pesquisa de profissionais do hospital e estudantes da FMABC (Faculdade de Medicina do ABC), responsável pela diretoria clínica do hospital.

O centro de estudos foi orçado em R$ 180 mil e tem cerca de 250 m², incluindo anfiteatro com capacidade para 56 pessoas e laboratório de informática com quatro computadores conectados com centros de pesquisa de outras universidades. A iniciativa foi dos próprios funcionários do hospital. “Durante seis anos, nós fizemos contribuições mensais para o projeto. Juntamos R$ 110 mil, que garantiu as obras. O restante foi angariado junto a empresas”, afirmou Maria Emília Corrêa, psicóloga do hospital.

O Anchieta, fundado em 1958, realizou o primeiro transplante de rim no Grande ABC, em novembro de 1995. Ainda hoje, é o único hospital público que oferece o procedimento na região.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Profissionais do Hospital Anchieta conquistam centro informatizado

Ângela Corrêa
Do Diário do Grande ABC

17/11/2004 | 09:04


O Hospital de Ensino Padre Anchieta, em São Bernardo, inaugura na quinta-feira, às 10h, o Centro de Estudos Professor Doutor Luiz Henrique Camargo Paschoal, criado para facilitar o trabalho de pesquisa de profissionais do hospital e estudantes da FMABC (Faculdade de Medicina do ABC), responsável pela diretoria clínica do hospital.

O centro de estudos foi orçado em R$ 180 mil e tem cerca de 250 m², incluindo anfiteatro com capacidade para 56 pessoas e laboratório de informática com quatro computadores conectados com centros de pesquisa de outras universidades. A iniciativa foi dos próprios funcionários do hospital. “Durante seis anos, nós fizemos contribuições mensais para o projeto. Juntamos R$ 110 mil, que garantiu as obras. O restante foi angariado junto a empresas”, afirmou Maria Emília Corrêa, psicóloga do hospital.

O Anchieta, fundado em 1958, realizou o primeiro transplante de rim no Grande ABC, em novembro de 1995. Ainda hoje, é o único hospital público que oferece o procedimento na região.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;