Fechar
Publicidade

Sábado, 18 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Começa júri do caso Celso Daniel


Renan Fonseca
Do Diário do Grande ABC

18/11/2010 | 07:03


Começa hoje, a partir das 9h, o primeiro julgamento da morte do ex-prefeito de Santo André, Celso Daniel (PT), em Itapecerica da Serra. O júri acontece à revelia, já que o réu, Marcos Roberto Bispo dos Santos, é considerado foragido da Justiça.

Ele é acusado de participação no crime e vai responder por homicídio doloso triplamente qualificado, com pena mínima de 12 anos. Um dos promotores que está acompanhando o caso é Francisco Cembraneli, que tornou-se nacionalmente conhecido no julgamento do casal Nardoni.

A promotoria vai sustentar que Santos integra o bando de criminosos contratados pelo empresário Sérgio Gomes da Silva. Segundo Cembraneli, ao menos 10 pessoas participaram do sequestro e assassinato do ex-prefeito. Sete foram acusados oficialmente e apenas Santos não recorreu da acusação. Celso Daniel foi morto há 9 anos por ameaçar denunciar suposto esquema de desvio de verba pública, conforme o promotor.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Começa júri do caso Celso Daniel

Renan Fonseca
Do Diário do Grande ABC

18/11/2010 | 07:03


Começa hoje, a partir das 9h, o primeiro julgamento da morte do ex-prefeito de Santo André, Celso Daniel (PT), em Itapecerica da Serra. O júri acontece à revelia, já que o réu, Marcos Roberto Bispo dos Santos, é considerado foragido da Justiça.

Ele é acusado de participação no crime e vai responder por homicídio doloso triplamente qualificado, com pena mínima de 12 anos. Um dos promotores que está acompanhando o caso é Francisco Cembraneli, que tornou-se nacionalmente conhecido no julgamento do casal Nardoni.

A promotoria vai sustentar que Santos integra o bando de criminosos contratados pelo empresário Sérgio Gomes da Silva. Segundo Cembraneli, ao menos 10 pessoas participaram do sequestro e assassinato do ex-prefeito. Sete foram acusados oficialmente e apenas Santos não recorreu da acusação. Celso Daniel foi morto há 9 anos por ameaçar denunciar suposto esquema de desvio de verba pública, conforme o promotor.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;