Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 13 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Rio Grande da Serra vence Desafio

Ricardo Trida/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Camila Galvez
Natália Fernandjes

10/11/2011 | 07:00


A quinta edição do Desafio de Redação, concurso literário promovido pelo Diário, distribuiu ontem 49 prêmios para os melhores textos, selecionados entre os 160.378 produzidos por alunos de escolas públicas e privadas do Grande ABC. A grande campeã, que levou a bolsa de estudos integral na Universidade Municipal de São Caetano, é de Rio Grande da Serra. A estudante da Escola Estadual Edmundo Luiz da Nóbrega Teixeira Viviane dos Santos Cordeiro, 17 anos, escreveu poema sobre Profissões do Pré-Sal, Indústria do Petróleo e Gás.

A jovem morena de jeito tímido confessou que não esperava ganhar o prêmio mais cobiçado da tarde. Ao abraçar o mestre de cerimônias, o apresentador e ator Marcos Mion, tremia. "Achei que ia ganhar no máximo uma bicicleta."

O texto de Viviane abordou temas atuais, como globalização e meio ambiente. Para a professora de Língua Portuguesa Ildene Trindade, 39, ver a aluna premiada é reconhecimento. "Ela é muito esforçada e dedicada e vai se dar bem no futuro." Viviane quer fazer curso de Administração.

Participaram da premiação mais de 1.500 pessoas. A meninada vibrou com o carisma e simpatia de Mion. "Acredito que iniciativas como essa incentivam os jovens a pensar no futuro." No palco, o apresentador lembrou o quanto é difícil a escolha da profissão. "Essa decisão é tomada quando somos muito jovens. Por isso, é importante pensar na profissão que se quer seguir antes de chegar ao Ensino Médio."

TORCIDA

A EE João Roncon ganhou o prêmio de torcida mais animada pela segunda vez e faturou R$ 5.000. O grupo de 80 pessoas caprichou no visual e na animação, conforme a vice-diretora Ana Maria Sapanos Lacerda. "Trabalhamos o tema das profissões, por isso, colocamos capelo e beca para imitar formandos", explicou. 
A escola investiu o prêmio do ano passado em câmeras de segurança e automatização do portão. Neste ano, a direção reunirá os alunos para saber como investir a verba.

A lista completa dos vencedores está no Diário OnLine e as fotos serão publicadas na edição de domingo.

Reconhecimento pelo esforço emociona participantes

Os demais ganhadores do Desafio de Redação deste ano levaram bicicletas, notebooks e televisores para casa, além de muita emoção pelo reconhecimento.

O auxiliar administrativo Gláucio Gomes Nascimento, 48 anos, aluno da Educação de Jovens e Adultos do Sesi 416, de São Bernardo, escreveu sobre as profissões do futuro ligadas à sustentabilidade. "Ganhar um prêmio depois de 30 anos sem estudar não tem preço." Ele ganhou um notebook.

A aluna do Colégio Eduardo Gomes, de São Caetano, Ana Luiza Sheludiakoff Couto, 14, compareceu ao evento de muletas. "Fiz questão de vir porque queria muito participar e saber se ganharia."

A menina escreveu sobre as profissões do futuro utilizando exemplos como os dos médicos que usam robôs para fazer cirurgias à distância e profissionais que colocam as palavras-chaves nas pesquisas do Google. "Ao mesmo tempo, lembrei que as profissões tradicionais vão continuar existindo."
A mãe de Ana Luiza, a dona de casa Maria Isabel Sheludiakoff Couto, 53, estava orgulhosa. "Minha filha sempre gostou de escrever e mereceu ganhar."

A estudante do 9º ano do Colégio Viva a Vida, Giulia Murbach de Oliveira, 14, recebeu o prêmio das mãos do prefeito de São Bernardo, Luiz Marinho. "Toda ação que incentiva a leitura e escrita tem impacto positivo na escola e no aprendizado", disse Marinho.

PROFESSORES

Além da participação dos alunos, neste ano, o concurso literário criou categoria para receber os textos dos docentes. O grande vencedor foi o professor de História da Emef Leandro Klein, de São Caetano, Pedro Maloso Ramos. Ele escreveu sobre a importância do professor no futuro.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Rio Grande da Serra vence Desafio

Camila Galvez
Natália Fernandjes

10/11/2011 | 07:00


A quinta edição do Desafio de Redação, concurso literário promovido pelo Diário, distribuiu ontem 49 prêmios para os melhores textos, selecionados entre os 160.378 produzidos por alunos de escolas públicas e privadas do Grande ABC. A grande campeã, que levou a bolsa de estudos integral na Universidade Municipal de São Caetano, é de Rio Grande da Serra. A estudante da Escola Estadual Edmundo Luiz da Nóbrega Teixeira Viviane dos Santos Cordeiro, 17 anos, escreveu poema sobre Profissões do Pré-Sal, Indústria do Petróleo e Gás.

A jovem morena de jeito tímido confessou que não esperava ganhar o prêmio mais cobiçado da tarde. Ao abraçar o mestre de cerimônias, o apresentador e ator Marcos Mion, tremia. "Achei que ia ganhar no máximo uma bicicleta."

O texto de Viviane abordou temas atuais, como globalização e meio ambiente. Para a professora de Língua Portuguesa Ildene Trindade, 39, ver a aluna premiada é reconhecimento. "Ela é muito esforçada e dedicada e vai se dar bem no futuro." Viviane quer fazer curso de Administração.

Participaram da premiação mais de 1.500 pessoas. A meninada vibrou com o carisma e simpatia de Mion. "Acredito que iniciativas como essa incentivam os jovens a pensar no futuro." No palco, o apresentador lembrou o quanto é difícil a escolha da profissão. "Essa decisão é tomada quando somos muito jovens. Por isso, é importante pensar na profissão que se quer seguir antes de chegar ao Ensino Médio."

TORCIDA

A EE João Roncon ganhou o prêmio de torcida mais animada pela segunda vez e faturou R$ 5.000. O grupo de 80 pessoas caprichou no visual e na animação, conforme a vice-diretora Ana Maria Sapanos Lacerda. "Trabalhamos o tema das profissões, por isso, colocamos capelo e beca para imitar formandos", explicou. 
A escola investiu o prêmio do ano passado em câmeras de segurança e automatização do portão. Neste ano, a direção reunirá os alunos para saber como investir a verba.

A lista completa dos vencedores está no Diário OnLine e as fotos serão publicadas na edição de domingo.

Reconhecimento pelo esforço emociona participantes

Os demais ganhadores do Desafio de Redação deste ano levaram bicicletas, notebooks e televisores para casa, além de muita emoção pelo reconhecimento.

O auxiliar administrativo Gláucio Gomes Nascimento, 48 anos, aluno da Educação de Jovens e Adultos do Sesi 416, de São Bernardo, escreveu sobre as profissões do futuro ligadas à sustentabilidade. "Ganhar um prêmio depois de 30 anos sem estudar não tem preço." Ele ganhou um notebook.

A aluna do Colégio Eduardo Gomes, de São Caetano, Ana Luiza Sheludiakoff Couto, 14, compareceu ao evento de muletas. "Fiz questão de vir porque queria muito participar e saber se ganharia."

A menina escreveu sobre as profissões do futuro utilizando exemplos como os dos médicos que usam robôs para fazer cirurgias à distância e profissionais que colocam as palavras-chaves nas pesquisas do Google. "Ao mesmo tempo, lembrei que as profissões tradicionais vão continuar existindo."
A mãe de Ana Luiza, a dona de casa Maria Isabel Sheludiakoff Couto, 53, estava orgulhosa. "Minha filha sempre gostou de escrever e mereceu ganhar."

A estudante do 9º ano do Colégio Viva a Vida, Giulia Murbach de Oliveira, 14, recebeu o prêmio das mãos do prefeito de São Bernardo, Luiz Marinho. "Toda ação que incentiva a leitura e escrita tem impacto positivo na escola e no aprendizado", disse Marinho.

PROFESSORES

Além da participação dos alunos, neste ano, o concurso literário criou categoria para receber os textos dos docentes. O grande vencedor foi o professor de História da Emef Leandro Klein, de São Caetano, Pedro Maloso Ramos. Ele escreveu sobre a importância do professor no futuro.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;