Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 29 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Ford confirma negociações com chineses

Luis Blanco/Divulgação Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Sindicato, políticos e executivos da empresa se reuniram ontem no Palácio dos Bandeirantes


Da Redação
Do dgabc.com.br

22/02/2020 | 00:01


Com objetivo de discutir as perspectivas de negociações para a venda da fábrica da Ford, localizada no bairro Taboão, em São Bernardo, lideranças e representantes da montadora norte-americana se reuniram com o governador João Doria (PSDB) na tarde de ontem. No encontro, no Palácio do Bandeirantes, Doria formalizou que há empresas chinesas interessadas na aquisição.

Participaram da agenda o presidente do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, Wagner Santana, o Wagnão, o presidente da Ford para a América Latina, Lyle Watters, além do prefeito de São Bernardo, Orlando Morando (PSDB).

Segundo informações do sindicato, os representantes da firma norte-americana informaram que as negociações com a Caoa foram encerradas sem sucesso, conforme adiantado por Doria e já confirmado pela empresa no início deste ano, e que existem duas outras companhias do setor automotivo – ambas chinesas – interessadas no parque fabril.

Conforme publicado pelo Diário em janeiro, uma terceira empresa chinesa também procurou a Ford, diretamente, interessada na unidade.

As negociações entre a norte-americana e as possíveis compradoras seguirão reservadas até que haja avanços mais concretos. “As negociações realmente continuam, agora com novos interessados. Estão todos empenhados em manter o parque fabril do setor automotivo, que é a vocação da nossa região. O Grande ABC tem trabalhadores preparados e qualificados para atuar em qualquer novo negócio neste setor”, afirmou Wagnão.

Também participaram do encontro o vice-presidente da Ford, Rogelio Goldfarb, a secretária de Desenvolvimento Econômico do Estado, Patricia Ellen da Silva, o ex-presidente do Sindicato e presidente do Instituto TID-Brasil, Rafael Marques, além de assessores do governo e dirigentes do sindicato. Questionado, o Estado confirmou a agenda, porém, não deu mais informações, já que a atividade foi realizada a portas fechadas. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Ford confirma negociações com chineses

Sindicato, políticos e executivos da empresa se reuniram ontem no Palácio dos Bandeirantes

Da Redação
Do dgabc.com.br

22/02/2020 | 00:01


Com objetivo de discutir as perspectivas de negociações para a venda da fábrica da Ford, localizada no bairro Taboão, em São Bernardo, lideranças e representantes da montadora norte-americana se reuniram com o governador João Doria (PSDB) na tarde de ontem. No encontro, no Palácio do Bandeirantes, Doria formalizou que há empresas chinesas interessadas na aquisição.

Participaram da agenda o presidente do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, Wagner Santana, o Wagnão, o presidente da Ford para a América Latina, Lyle Watters, além do prefeito de São Bernardo, Orlando Morando (PSDB).

Segundo informações do sindicato, os representantes da firma norte-americana informaram que as negociações com a Caoa foram encerradas sem sucesso, conforme adiantado por Doria e já confirmado pela empresa no início deste ano, e que existem duas outras companhias do setor automotivo – ambas chinesas – interessadas no parque fabril.

Conforme publicado pelo Diário em janeiro, uma terceira empresa chinesa também procurou a Ford, diretamente, interessada na unidade.

As negociações entre a norte-americana e as possíveis compradoras seguirão reservadas até que haja avanços mais concretos. “As negociações realmente continuam, agora com novos interessados. Estão todos empenhados em manter o parque fabril do setor automotivo, que é a vocação da nossa região. O Grande ABC tem trabalhadores preparados e qualificados para atuar em qualquer novo negócio neste setor”, afirmou Wagnão.

Também participaram do encontro o vice-presidente da Ford, Rogelio Goldfarb, a secretária de Desenvolvimento Econômico do Estado, Patricia Ellen da Silva, o ex-presidente do Sindicato e presidente do Instituto TID-Brasil, Rafael Marques, além de assessores do governo e dirigentes do sindicato. Questionado, o Estado confirmou a agenda, porém, não deu mais informações, já que a atividade foi realizada a portas fechadas. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;