Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 20 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Timão perde invencibilidade


Marco Borba
Do Diário do Grande ABC

22/07/2010 | 00:10


Caiu o último invicto. No duelo com o lanterna Atlético-GO, em Goiânia, ontem à noite, no Serra Dourada, o Corinthians levou a pior e perdeu ( 3 a 1) seu primeiro jogo no Brasileirão. Apesar do resultado, a equipe de Mano Menezes se manteve na liderança, que pode ser roubada se o Fluminense vence o Cruzeiro hoje, no Rio.

O Timão não era derrotado desde 28 de abril, quando foi batido pelo Flamengo por 1 a 0 e começou dar adeus ao sonho do título inédito da Libertadores. De lá para cá, incluindo o resultado de ontem, foram sete vitórias, três empates e uma derrota.

A equipe paulista não contou com o zagueiro e capitão William e o atacante Jorge Henrique, suspensos.

Quem esperava um passeio do líder sobre o lanterna se enganou. O que não faltou foram jogadas com chances reais de gol pela boa movimentação e toque de bola das equipes, embora o placar da primeira etapa tenha sido 1 a 1.

O Timão foi ligeiramente superior no início, mas depois permitiu o equilíbrio e justamente quando ensaiava pressão sobre o adversário levou o gol aos 21 minutos. Chicão saiu jogando e perdeu a bola no meio. Pituca puxou o contra-ataque e lançou Rodrigo Tiuí, que foi derrubado pelo goleiro Júlio César. Robston cobrou e abriu o placar.

O gol foi uma espécie de castigo aoTimão, que embora estivesse atuando com dois meias armadores, se precipitou em algumas jogadas com a ligação direta defesa/ataque. Assim, facilitou a vida da defesa inimiga.

Apesar da estratégia errada, que acabou resultando no gol adversário, o Timão já havia criado uma boa chance de sair em vantagem aos 11. Lançado, Elias dividiu com dois zagueiros, Bruno César pegou a sobra e soltou a bomba, mas no meio do gol, em cima do goleiro Márcio. Até o empate foram duas outras oportunidades até que aos34, Roberto Carlos cruzou da esquerda, Danilo escorou de cabeça para o meio da área e Iarley empatou (1 a 1).

Aos 42, Iarley teve a oportunidade de virar.Recebeu cruzamento rasteiro de Alessandro e chutou em cima de Márcio. Acuado, o Atlético-GO só voltou a assustar aos 45. A defesa corintiana bobeou após cruzamento da direita e Rodrigo Tiuí apareceu sozinho para testar rente à trave esquerda de Júlio César.

Na etapa complementar, o Timão voltou melhor mas não exerceu pressão e , aos poucos, os goianos equilibraram e passaram à frente graças a lance perdido por Danilo no meio. A defesa foi lenta para a jogada, aos 23, Pedro Paulo invadiu a área e bateu cruzado. Chicão teve a chance de empatar, mas o zagueiro desperdiçou o pênalti. Aos 34, o time voltou a cochilar, Pedro Paulo cruzou da esquerda e Marcão apareceu livre para fechar o placar. Mano Menezes ainda mexeu no ataque, mas já era tarde.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Timão perde invencibilidade

Marco Borba
Do Diário do Grande ABC

22/07/2010 | 00:10


Caiu o último invicto. No duelo com o lanterna Atlético-GO, em Goiânia, ontem à noite, no Serra Dourada, o Corinthians levou a pior e perdeu ( 3 a 1) seu primeiro jogo no Brasileirão. Apesar do resultado, a equipe de Mano Menezes se manteve na liderança, que pode ser roubada se o Fluminense vence o Cruzeiro hoje, no Rio.

O Timão não era derrotado desde 28 de abril, quando foi batido pelo Flamengo por 1 a 0 e começou dar adeus ao sonho do título inédito da Libertadores. De lá para cá, incluindo o resultado de ontem, foram sete vitórias, três empates e uma derrota.

A equipe paulista não contou com o zagueiro e capitão William e o atacante Jorge Henrique, suspensos.

Quem esperava um passeio do líder sobre o lanterna se enganou. O que não faltou foram jogadas com chances reais de gol pela boa movimentação e toque de bola das equipes, embora o placar da primeira etapa tenha sido 1 a 1.

O Timão foi ligeiramente superior no início, mas depois permitiu o equilíbrio e justamente quando ensaiava pressão sobre o adversário levou o gol aos 21 minutos. Chicão saiu jogando e perdeu a bola no meio. Pituca puxou o contra-ataque e lançou Rodrigo Tiuí, que foi derrubado pelo goleiro Júlio César. Robston cobrou e abriu o placar.

O gol foi uma espécie de castigo aoTimão, que embora estivesse atuando com dois meias armadores, se precipitou em algumas jogadas com a ligação direta defesa/ataque. Assim, facilitou a vida da defesa inimiga.

Apesar da estratégia errada, que acabou resultando no gol adversário, o Timão já havia criado uma boa chance de sair em vantagem aos 11. Lançado, Elias dividiu com dois zagueiros, Bruno César pegou a sobra e soltou a bomba, mas no meio do gol, em cima do goleiro Márcio. Até o empate foram duas outras oportunidades até que aos34, Roberto Carlos cruzou da esquerda, Danilo escorou de cabeça para o meio da área e Iarley empatou (1 a 1).

Aos 42, Iarley teve a oportunidade de virar.Recebeu cruzamento rasteiro de Alessandro e chutou em cima de Márcio. Acuado, o Atlético-GO só voltou a assustar aos 45. A defesa corintiana bobeou após cruzamento da direita e Rodrigo Tiuí apareceu sozinho para testar rente à trave esquerda de Júlio César.

Na etapa complementar, o Timão voltou melhor mas não exerceu pressão e , aos poucos, os goianos equilibraram e passaram à frente graças a lance perdido por Danilo no meio. A defesa foi lenta para a jogada, aos 23, Pedro Paulo invadiu a área e bateu cruzado. Chicão teve a chance de empatar, mas o zagueiro desperdiçou o pênalti. Aos 34, o time voltou a cochilar, Pedro Paulo cruzou da esquerda e Marcão apareceu livre para fechar o placar. Mano Menezes ainda mexeu no ataque, mas já era tarde.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;