Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 2 de Abril

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Ministro do Trabalho critica flexibilização das leis trabalhistas


Do Diário OnLine
Com Agência Brasil

01/05/2007 | 20:11


O ministro do Trabalho e Emprego, Carlos Lupi, reafirmou nesta terça-feira, em São Paulo, durante o evento do Dia do Trabalho da Força Sindical, que é contrário à flexibilização das leis trabalhistas. 

“Leio todos os dias editoriais me chamando de atrasado e retrógrado porque defendo a CLT (Consolidação das Leis do Trabalho). Agora é meu direito defendê-la. Que trabalhador vai abrir mão de ter o seu 13º? Que trabalhador vai abrir mão de ter suas férias remuneradas? Que trabalhadora vai abrir mão da licença maternidade?”, disse o ministro.

Lupi participou nesta terça das comemorações do 1º de Maio da Força Sindical, que foi realizada na Praça Campo de Bagatelle, em Santana, Zona Norte da capital paulista.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Ministro do Trabalho critica flexibilização das leis trabalhistas

Do Diário OnLine
Com Agência Brasil

01/05/2007 | 20:11


O ministro do Trabalho e Emprego, Carlos Lupi, reafirmou nesta terça-feira, em São Paulo, durante o evento do Dia do Trabalho da Força Sindical, que é contrário à flexibilização das leis trabalhistas. 

“Leio todos os dias editoriais me chamando de atrasado e retrógrado porque defendo a CLT (Consolidação das Leis do Trabalho). Agora é meu direito defendê-la. Que trabalhador vai abrir mão de ter o seu 13º? Que trabalhador vai abrir mão de ter suas férias remuneradas? Que trabalhadora vai abrir mão da licença maternidade?”, disse o ministro.

Lupi participou nesta terça das comemorações do 1º de Maio da Força Sindical, que foi realizada na Praça Campo de Bagatelle, em Santana, Zona Norte da capital paulista.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;