Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 9 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Autoridades confirmam 429 mortes em incêndio no Paraguai


Do Diário OnLine
Com AFP

04/08/2004 | 20:37


Autoridades paraguaias confirmaram que ao menos 429 pessoas morreram no incêndio de um supermercado em Assunção no domingo. O número de vítimas fatais pode aumentar, já que existem 400 feridos e 130 desaparecidos.

Após o segurança do supermercado, Ismael Alcaraz, ter admitido nesta terça-feira que recebeu ordens de fechar as portas do estabelecimento, a fim de impedir que alguém saísse sem pagar e para evitar saques, o dono do estabelecimento, Juan Pío Paiva, e seu filho, Daniel Paiva, foram novamente interpelados.

Daniel Paiva, principal suspeito pela ordem de impedir a saída dos clientes informou, ao ser interrogado, que as ordens de fechamento das portas partiram do gerente de operações do supermercado, que morreu no incêndio.

Os dois e mais quatro pessoas já foram indiciados, acusados por homicídio culposo, pela promotoria paraguaia.

O dono do estabelecimento negou a acusação. Os bombeiros afirmaram que se as portas estivessem abertas, centenas de vítimas teriam conseguido fugir do fogo.

Identificação - Especialistas estrangeiros em catástrofes chegaram nesta quarta-feira em Assunção para ajudar a reconstruir e identificar os corpos das vítimas. O médico paraguaio Pablo Lemir encabeça a equipe forense que realiza um paciente trabalho de identificação dos corpos através das impressões digitais, da arcada dentária e do DNA.

Quatro peritos chilenos, cinco brasileiros e dois espanhóis participam nas tarefas de reconhecimento na sede do Comando do Exército.

Existem setenta sacos com corpos e outros tantos com restos humanos em três caminhões frigorícios que estão sendo analisados pelos especialistas.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Autoridades confirmam 429 mortes em incêndio no Paraguai

Do Diário OnLine
Com AFP

04/08/2004 | 20:37


Autoridades paraguaias confirmaram que ao menos 429 pessoas morreram no incêndio de um supermercado em Assunção no domingo. O número de vítimas fatais pode aumentar, já que existem 400 feridos e 130 desaparecidos.

Após o segurança do supermercado, Ismael Alcaraz, ter admitido nesta terça-feira que recebeu ordens de fechar as portas do estabelecimento, a fim de impedir que alguém saísse sem pagar e para evitar saques, o dono do estabelecimento, Juan Pío Paiva, e seu filho, Daniel Paiva, foram novamente interpelados.

Daniel Paiva, principal suspeito pela ordem de impedir a saída dos clientes informou, ao ser interrogado, que as ordens de fechamento das portas partiram do gerente de operações do supermercado, que morreu no incêndio.

Os dois e mais quatro pessoas já foram indiciados, acusados por homicídio culposo, pela promotoria paraguaia.

O dono do estabelecimento negou a acusação. Os bombeiros afirmaram que se as portas estivessem abertas, centenas de vítimas teriam conseguido fugir do fogo.

Identificação - Especialistas estrangeiros em catástrofes chegaram nesta quarta-feira em Assunção para ajudar a reconstruir e identificar os corpos das vítimas. O médico paraguaio Pablo Lemir encabeça a equipe forense que realiza um paciente trabalho de identificação dos corpos através das impressões digitais, da arcada dentária e do DNA.

Quatro peritos chilenos, cinco brasileiros e dois espanhóis participam nas tarefas de reconhecimento na sede do Comando do Exército.

Existem setenta sacos com corpos e outros tantos com restos humanos em três caminhões frigorícios que estão sendo analisados pelos especialistas.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;