Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 3 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Azulão só empata em Sorocaba

Equipe sai na frente após falha do goleiro Henal, mas não consegue segurar resultado e segue sem vencer


Anderson Fattori

01/02/2019 | 07:00


O São Caetano segue sem vencer no Campeonato Paulista. Ontem, em Sorocaba, o time saiu na frente do São Bento – em falha bisonha do goleiro Henal –, mas não segurou o resultado e teve de se contentar com o 1 a 1. Agora, em quatro rodadas, o Azulão soma três empates e uma derrota.

O resultado manteve o São Caetano na lanterna do Grupo A, agora com três pontos, dois a menos do que Red Bull e Ponte Preta. A liderança da chave é do Santos, com 12.

Pintado fez cinco mudanças na equipe na tentativa de melhorar a produtividade ofensiva, mas o que se viu em campo foi o São Caetano ainda mais desorganizado, principalmente porque Rafael Marques e Gleyson, uma das novidades na escalação, ocupavam o mesmo espaço; Minho e Vitinho, que também ganharam a titularidade, não conseguiam municiar com qualidade o ataque.

O São Bento foi melhor durante todo o primeiro tempo, mas quem abriu o placar foi o Azulão, mesmo não dando um único chute certo na etapa. É que, aos 28 minutos, o zagueiro Luizão recuou para o goleiro Henal, que errou o domínio e sofreu gol inacreditável.

Vencendo, o Azulão voltou para o segundo tempo na espera do espaço para contra-atacar e definir a partida. Mas o São Bento conseguiu empatar aos 14 minutos, com o zagueiro Diego Ivo, de cabeça.

Como o resultado não interessava às equipes, o jogo ganhou em emoção e várias chances foram criadas e desperdiçadas nos dois lados.

Pintado voltou os antigos titulares Capa e Diego Rosa e foi justamente a dupla que criou o melhor momento, mas Capa furou esdruxulamente dentro da área ao tentar concluir o ótimo cruzamento que recebeu.

O São Bento também esteve muito perto de vencer a partida com dois lances do experiente centroavante Alecsandro. No melhor deles, já nos acréscimos, ele recebeu em ótima condição dentro da área e finalizou com força, mas em cima do goleiro Jacsson.

Agora o São Caetano respira e só volta a campo na terça-feira, quando visita o Botafogo, pior time da competição, no Estádio Santa Cruz.  



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Azulão só empata em Sorocaba

Equipe sai na frente após falha do goleiro Henal, mas não consegue segurar resultado e segue sem vencer

Anderson Fattori

01/02/2019 | 07:00


O São Caetano segue sem vencer no Campeonato Paulista. Ontem, em Sorocaba, o time saiu na frente do São Bento – em falha bisonha do goleiro Henal –, mas não segurou o resultado e teve de se contentar com o 1 a 1. Agora, em quatro rodadas, o Azulão soma três empates e uma derrota.

O resultado manteve o São Caetano na lanterna do Grupo A, agora com três pontos, dois a menos do que Red Bull e Ponte Preta. A liderança da chave é do Santos, com 12.

Pintado fez cinco mudanças na equipe na tentativa de melhorar a produtividade ofensiva, mas o que se viu em campo foi o São Caetano ainda mais desorganizado, principalmente porque Rafael Marques e Gleyson, uma das novidades na escalação, ocupavam o mesmo espaço; Minho e Vitinho, que também ganharam a titularidade, não conseguiam municiar com qualidade o ataque.

O São Bento foi melhor durante todo o primeiro tempo, mas quem abriu o placar foi o Azulão, mesmo não dando um único chute certo na etapa. É que, aos 28 minutos, o zagueiro Luizão recuou para o goleiro Henal, que errou o domínio e sofreu gol inacreditável.

Vencendo, o Azulão voltou para o segundo tempo na espera do espaço para contra-atacar e definir a partida. Mas o São Bento conseguiu empatar aos 14 minutos, com o zagueiro Diego Ivo, de cabeça.

Como o resultado não interessava às equipes, o jogo ganhou em emoção e várias chances foram criadas e desperdiçadas nos dois lados.

Pintado voltou os antigos titulares Capa e Diego Rosa e foi justamente a dupla que criou o melhor momento, mas Capa furou esdruxulamente dentro da área ao tentar concluir o ótimo cruzamento que recebeu.

O São Bento também esteve muito perto de vencer a partida com dois lances do experiente centroavante Alecsandro. No melhor deles, já nos acréscimos, ele recebeu em ótima condição dentro da área e finalizou com força, mas em cima do goleiro Jacsson.

Agora o São Caetano respira e só volta a campo na terça-feira, quando visita o Botafogo, pior time da competição, no Estádio Santa Cruz.  

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;