Fechar
Publicidade

Sábado, 31 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

China planeja mecanismo de compensação de risco de empréstimos para startups



22/11/2018 | 05:23


A China planeja lançar um mecanismo de compensação de riscos de empréstimos para estimular a concessão de mais crédito bancário a startups da área de tecnologia, como parte da estratégia de Pequim para ajudar pequenas empresas do setor privado.

Governos locais do país vão subsidiar bancos qualificados na concessão de empréstimos a startups de tecnologia, segundo o órgão estatal Economic Information.

Conceder empréstimos a pequenas empresas, em especial startups é considerado um negócio arriscado para os bancos, devido ao elevado grau de inadimplência e falta de ativos suficientes para garantir o crédito.

O mecanismo, que será testado ainda este ano, pode ajudar a compensar parte do risco de crédito e tornar os bancos mais dispostos a liberar empréstimos a pequenas empresas, diz o Economic Information. Fonte: Dow Jones Newswires.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

China planeja mecanismo de compensação de risco de empréstimos para startups


22/11/2018 | 05:23


A China planeja lançar um mecanismo de compensação de riscos de empréstimos para estimular a concessão de mais crédito bancário a startups da área de tecnologia, como parte da estratégia de Pequim para ajudar pequenas empresas do setor privado.

Governos locais do país vão subsidiar bancos qualificados na concessão de empréstimos a startups de tecnologia, segundo o órgão estatal Economic Information.

Conceder empréstimos a pequenas empresas, em especial startups é considerado um negócio arriscado para os bancos, devido ao elevado grau de inadimplência e falta de ativos suficientes para garantir o crédito.

O mecanismo, que será testado ainda este ano, pode ajudar a compensar parte do risco de crédito e tornar os bancos mais dispostos a liberar empréstimos a pequenas empresas, diz o Economic Information. Fonte: Dow Jones Newswires.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;