Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 19 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Bush deve anunciar retirada de tropas dos EUA na Europa e Ásia


Da AFP

14/08/2004 | 02:49


O presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, deve anunciar na próxima segunda-feira a retirada de 100 mil soldados americanos lotados na Europa e Ásia. A informação foi divulgada neste sábado pelo jornal britânico Financial Times.

Segundo o jornal, este movimento fará parte da maior reestruturação militar dos Estados Unidos no exterior desde a 2ª Guerra Mundial (1939-1945), e será anunciado num discurso de Bush na segunda-feira.

Citando fontes ligadas ao projeto, o Financial Times informa que quase 70% dos efetivos serão retirados da Europa, de onde 70 mil homens, em sua maioria estacionados na Alemanha, regressarão para os Estados Unidos.

A Alemanha continuará sendo a principal base do contingente americano na Europa, mesmo que a retirada envolva a 1ª Divisão Blindada e a 1ª Divisão de Infantaria.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Bush deve anunciar retirada de tropas dos EUA na Europa e Ásia

Da AFP

14/08/2004 | 02:49


O presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, deve anunciar na próxima segunda-feira a retirada de 100 mil soldados americanos lotados na Europa e Ásia. A informação foi divulgada neste sábado pelo jornal britânico Financial Times.

Segundo o jornal, este movimento fará parte da maior reestruturação militar dos Estados Unidos no exterior desde a 2ª Guerra Mundial (1939-1945), e será anunciado num discurso de Bush na segunda-feira.

Citando fontes ligadas ao projeto, o Financial Times informa que quase 70% dos efetivos serão retirados da Europa, de onde 70 mil homens, em sua maioria estacionados na Alemanha, regressarão para os Estados Unidos.

A Alemanha continuará sendo a principal base do contingente americano na Europa, mesmo que a retirada envolva a 1ª Divisão Blindada e a 1ª Divisão de Infantaria.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;