Fechar
Publicidade

Domingo, 15 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

PSDC-Sto.André oferece abrigo à bancada do DEM


Mark Ribeiro
Do Diário do grande ABC

26/11/2010 | 07:24


 

Criticada pelo presidente municipal do partido, Raimundo Salles, a bancada do DEM na Câmara de Santo André pode começar a articular sua debandada da sigla. Ontem, durante a sessão do Legislativo, o presidente do PSDC, Adriano Pieroni, convidou os três vereadores a ingressarem em sua legenda.

O assédio foi motivado após Salles tecer críticas aos parlamentares, em reportagem publicada pelo CF52Diário/CF na segunda-feira. O mandatário democrata, entre outras afirmações, sugeriu que Bahia, Pinheirinho e Toninho de Jesus procurem outro partido "que sirva de escadinha" para lançarem suas candidaturas à reeleição.

"Deixo as portas do PSDC abertas aos três. Seria uma honra tê-los em nossas fileiras", externou Pieroni. O PSDC de Santo André busca fortalecer seus quadros com vistas às eleições municipais. Na semana passada, Pieroni garantiu que o partido lançará candidato a prefeito em 2012, e que fará ao menos um vereador.

Assim, o convite aos democratas surge para potencializar a futura chapa de vereadores. Quem mais balançou com o assédio foi Bahia, líder do DEM na Câmara, e que bateu de frente com Salles.

"Sinto-me honrado. Mostra que meu trabalho é reconhecido. Se Salles não entende assim, outros entendem", disse, ao evitar novas críticas ao presidente de seu partido. "Não gostaria de falar dele, senão fica aquele tiroteio. Mas desejo-lhe feliz Natal e espero que o espírito natalino o convença a ser pessoa de bom senso."

Bahia ressaltou que analisará o convite para ingressar no PSDC, mas que não é só Pieroni que o assedia. "O PTB também já me convidou", revelou, citando o partido do prefeito Aidan Ravin. "Mas pode ser que em 2012 seja candidato pelo PSDC."

Na outra ponta, Toninho de Jesus e Pinheirinho evitaram empolgação com o convite para trocar de sigla, e destacaram que não querem sair do DEM. "Fico feliz, mas quero continuar jogando no DEM", disse o segundo. "Salles deu aquelas declarações pela ferida ainda não ter cicatrizado. Futuramente ele buscará a reconciliação com a bancada", aposta Toninho.

 

REPRESÁLIA

Salles disse que a bancada do DEM ficaria sem a legenda para tentar reeleição à Câmara em virtude de o trio não o ter apoiado para deputado estadual neste ano. Sob a alegação de que declarar apoio ao mandatário (cuja candidatura foi deferida pelo TSE - Tribunal Superior Eleitoral - somente após as eleições) os mancharia como vereadores (Salles havia sido enquadrado na Lei da Ficha Limpa), a bancada decidiu apoiar os tucanos Orlando Morando (São Bernardo) para deputado estadual e Bruna Furlan (Barueri) para federal.

"Espero que vão a Barueri e São Bernardo e que a Bruna e o Orlando encontrem algum partido que sirva de escadinha para eles lançarem suas candidaturas", disparou. "Eles escolheram os caminhos deles e eu não vou mover uma palha para facilitar este caminho no DEM."



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

PSDC-Sto.André oferece abrigo à bancada do DEM

Mark Ribeiro
Do Diário do grande ABC

26/11/2010 | 07:24


 

Criticada pelo presidente municipal do partido, Raimundo Salles, a bancada do DEM na Câmara de Santo André pode começar a articular sua debandada da sigla. Ontem, durante a sessão do Legislativo, o presidente do PSDC, Adriano Pieroni, convidou os três vereadores a ingressarem em sua legenda.

O assédio foi motivado após Salles tecer críticas aos parlamentares, em reportagem publicada pelo CF52Diário/CF na segunda-feira. O mandatário democrata, entre outras afirmações, sugeriu que Bahia, Pinheirinho e Toninho de Jesus procurem outro partido "que sirva de escadinha" para lançarem suas candidaturas à reeleição.

"Deixo as portas do PSDC abertas aos três. Seria uma honra tê-los em nossas fileiras", externou Pieroni. O PSDC de Santo André busca fortalecer seus quadros com vistas às eleições municipais. Na semana passada, Pieroni garantiu que o partido lançará candidato a prefeito em 2012, e que fará ao menos um vereador.

Assim, o convite aos democratas surge para potencializar a futura chapa de vereadores. Quem mais balançou com o assédio foi Bahia, líder do DEM na Câmara, e que bateu de frente com Salles.

"Sinto-me honrado. Mostra que meu trabalho é reconhecido. Se Salles não entende assim, outros entendem", disse, ao evitar novas críticas ao presidente de seu partido. "Não gostaria de falar dele, senão fica aquele tiroteio. Mas desejo-lhe feliz Natal e espero que o espírito natalino o convença a ser pessoa de bom senso."

Bahia ressaltou que analisará o convite para ingressar no PSDC, mas que não é só Pieroni que o assedia. "O PTB também já me convidou", revelou, citando o partido do prefeito Aidan Ravin. "Mas pode ser que em 2012 seja candidato pelo PSDC."

Na outra ponta, Toninho de Jesus e Pinheirinho evitaram empolgação com o convite para trocar de sigla, e destacaram que não querem sair do DEM. "Fico feliz, mas quero continuar jogando no DEM", disse o segundo. "Salles deu aquelas declarações pela ferida ainda não ter cicatrizado. Futuramente ele buscará a reconciliação com a bancada", aposta Toninho.

 

REPRESÁLIA

Salles disse que a bancada do DEM ficaria sem a legenda para tentar reeleição à Câmara em virtude de o trio não o ter apoiado para deputado estadual neste ano. Sob a alegação de que declarar apoio ao mandatário (cuja candidatura foi deferida pelo TSE - Tribunal Superior Eleitoral - somente após as eleições) os mancharia como vereadores (Salles havia sido enquadrado na Lei da Ficha Limpa), a bancada decidiu apoiar os tucanos Orlando Morando (São Bernardo) para deputado estadual e Bruna Furlan (Barueri) para federal.

"Espero que vão a Barueri e São Bernardo e que a Bruna e o Orlando encontrem algum partido que sirva de escadinha para eles lançarem suas candidaturas", disparou. "Eles escolheram os caminhos deles e eu não vou mover uma palha para facilitar este caminho no DEM."

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;