Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 1 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

|

Judoca multi-faixas

Está certo que ideologia e fidelidade partidária são dois quesitos que os políticos não levam muito a sério


Do Diário do Grande ABC

24/04/2013 | 00:00


Está certo que ideologia e fidelidade partidária são dois quesitos que os políticos não levam muito a sério. Mas tem gente que passa do limite tolerável. O ex-vereador de Mauá Francisco de Carvalho Filho, o Chico do Judô, é protagonista de mais um caso que deixa o eleitor com a pulga atrás da orelha. Ele assume hoje cargo de assessor especial na Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer, na gestão do prefeito Donisete Braga (PT). Na verdade o acordo é mais amplo, de comandar a Pasta de Esporte, quando o setor for desmembrado na reforma administrativa, que deve ocorrer somente no ano que vem. Chico também trabalhou na gestão anterior, de Oswaldo Dias (PT-2009 a 2012), em que foi ouvidor. Também esteve no governo Leonel Damo (então no PV, hoje no PMDB-2006 a 2008), sendo titular justamente da Secretaria de Esportes. Função que também exerceu na administração interina de Diniz Lopes (PR-2005). Não bastasse pular de galho entre as diferentes gestões, o ex-vereador também não costuma permanecer muito tempo nos partidos. Deixou o PSB para ser candidato à Câmara no ano passado pelo PDT. Obteve 2.025 votos, sexta melhor performance da sigla, em que é o terceiro suplente. Agora, tem convite do PCdoB para pleitear vaga a deputado estadual no ano que vem. Será que ele vai mudar?

Agora vai

A executiva do PTdoB andreense determinou aos vereadores Marcos Pinchiari e Elian Santana ingresso na base de sustentação do governo Carlos Grana (PT). Os trabalhistas estão de olho na Secretaria de Relações Internacionais, que será criada a partir da reforma administrativa.

Filho de peixe...

No dia em que completou 20 anos, Tiago Auricchio, filho do secretário estadual de Esporte, José Auricchio Júnior (PTB), acompanhou a sessão da Câmara de São Caetano. Teve gente no Legislativo que está assustado com a possibilidade de ele ser candidato a vereador em 2016.

Debandada?

Há quem garanta que os vereadores Jorge Salgado, Paulo Bottura, Gersio Sartori e Flávio Rstom estão de saída do PTB.

Corrente quercista

Ary, primo do ex-governador Orestes Quércia, filiou-se ao PTB. Falando em nome da família, disse que se "sentia em casa" por estar nas fileiras petebistas. "O atual PMDB não representa o quercismo", disse Ary. Também assinou a ficha petebista o ex-presidente paulistano do PMDB Bebeto Haddad e outras 250 lideranças. "A liderança de Quércia agora está nas mãos de Campos Machado", afirmou Bebeto.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Judoca multi-faixas

Está certo que ideologia e fidelidade partidária são dois quesitos que os políticos não levam muito a sério

Do Diário do Grande ABC

24/04/2013 | 00:00


Está certo que ideologia e fidelidade partidária são dois quesitos que os políticos não levam muito a sério. Mas tem gente que passa do limite tolerável. O ex-vereador de Mauá Francisco de Carvalho Filho, o Chico do Judô, é protagonista de mais um caso que deixa o eleitor com a pulga atrás da orelha. Ele assume hoje cargo de assessor especial na Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer, na gestão do prefeito Donisete Braga (PT). Na verdade o acordo é mais amplo, de comandar a Pasta de Esporte, quando o setor for desmembrado na reforma administrativa, que deve ocorrer somente no ano que vem. Chico também trabalhou na gestão anterior, de Oswaldo Dias (PT-2009 a 2012), em que foi ouvidor. Também esteve no governo Leonel Damo (então no PV, hoje no PMDB-2006 a 2008), sendo titular justamente da Secretaria de Esportes. Função que também exerceu na administração interina de Diniz Lopes (PR-2005). Não bastasse pular de galho entre as diferentes gestões, o ex-vereador também não costuma permanecer muito tempo nos partidos. Deixou o PSB para ser candidato à Câmara no ano passado pelo PDT. Obteve 2.025 votos, sexta melhor performance da sigla, em que é o terceiro suplente. Agora, tem convite do PCdoB para pleitear vaga a deputado estadual no ano que vem. Será que ele vai mudar?

Agora vai

A executiva do PTdoB andreense determinou aos vereadores Marcos Pinchiari e Elian Santana ingresso na base de sustentação do governo Carlos Grana (PT). Os trabalhistas estão de olho na Secretaria de Relações Internacionais, que será criada a partir da reforma administrativa.

Filho de peixe...

No dia em que completou 20 anos, Tiago Auricchio, filho do secretário estadual de Esporte, José Auricchio Júnior (PTB), acompanhou a sessão da Câmara de São Caetano. Teve gente no Legislativo que está assustado com a possibilidade de ele ser candidato a vereador em 2016.

Debandada?

Há quem garanta que os vereadores Jorge Salgado, Paulo Bottura, Gersio Sartori e Flávio Rstom estão de saída do PTB.

Corrente quercista

Ary, primo do ex-governador Orestes Quércia, filiou-se ao PTB. Falando em nome da família, disse que se "sentia em casa" por estar nas fileiras petebistas. "O atual PMDB não representa o quercismo", disse Ary. Também assinou a ficha petebista o ex-presidente paulistano do PMDB Bebeto Haddad e outras 250 lideranças. "A liderança de Quércia agora está nas mãos de Campos Machado", afirmou Bebeto.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;