Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 3 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Nova MPB na Vila de Paranapiacaba


Gislaine Gutierre
Do Diário do Grande ABC

23/07/2006 | 08:43


Se no fim de semana passado a música black foi destaque da programação do 6º Festival de Inverno de Paranapiacaba, hoje a Vila Ferroviária de Santo André concentra artistas da nova música popular brasileira. Vanessa da Mata é o nome mais festejado, mas como o ecletismo é a marca do evento, o público terá hoje o lendário David “Honeyboy” Edwards, bluesman de 91 anos que se despede dos palcos depois de uma longa trajetória de mais de sete décadas.

Dona de uma cabeleira farta que se transformou numa espécie de “marca registrada” de seu visual, Vanessa da Mata agora percorre o Brasil embalada pelo sucesso de sua canção Ai Ai Ai, tema da moderna personagem Rebeca, vivida por Carolina Ferraz na recente novela Belíssima, da Globo.

Mas o talento desta matogrossense não se resume à composição e interpretação da música famosa. Vanessa é co-autora, com Chico César, de A Força que Nunca Seca, canção gravada por Maria Bethânia no disco de mesmo nome. Ela cantou com Milton Nascimento e participou de um show com Baden Powell.

Em seu novo álbum, Essa Boneca Tem Manual, gravou Ainda Bem e Não Chore Homem e regravou Eu Sou Neguinha, de Caetano, e História de Uma Gata, de Chico Buarque para Os Saltimbancos.

Quem também vai ao Festival disposto a mostrar uma nova faceta da MPB é Kléber Albuquerque. Suas letras poéticas hoje ecoam na voz de várias intérpretes. Uma delas é da amazonense radicada no Rio, Eliana Printes, que participa hoje como convidada cantando Os Presentes.

O objetivo de Kléber é apresentar as músicas de seu quinto disco, Desvio. Levará banda própria e um time de convidados: Ceumar dividirá os vocais em Parede e Meia e O Zabumbeiro do Amor e Rubi cantará Por Onde, Brasa e Ai. Luiz Gayotto participa na percussão.

Para completar, Ana Paula Lopes, que participou do programa Fama, da Globo, desfila um repertório brasileiro, com releituras de compositores como Tom Jobim e Chico Buarque.

A programação fecha com chave de ouro. No Viradouro, será a vez de “Honeyboy” Edwards recontar sua história por meio de cantos e acordes. O bluesman nascido no Delta do Mississipi cresceu com alguns dos principais nomes do blues, como Robert Johnson e Charlie Patton. Acompanhou a evolução do gênero, fez uma incursão pelo Chicago blues e hoje tem um estilo próprio de interpretar, marcado pelo sentimento que essas músicas trazem no palco. Hoje, especialmente, terá a companhia do gaitista da Prado Blues Band, Ivan Márcio. Imperdível.

Entre as atrações do Festival, ainda hoje, há três corporações musicais de São Bernardo: a Banda Mirim, a Banda Jovem e a Orquestra Filarmônica, esta última regida por Daniel Havens. O programa é bem popular: abertura do Festival Acadêmico, de Johannes Brahms; Os Comediantes, de Dmitri Borisovic Kabalevsky; quatro músicas do filme A Missão, de Enio Morricone; a “ Cine Suíte”, com a abertura de Robin Hood e temas de Dança Com Lobos e Parque dos Dinossauros. Por fim, há o famoso tema de E.T. – O Extraterrestre, de John Williams.

6º Festival de Inverno de Paranapiacaba – Hoje e nos dias 29 e 30, a partir das 10h. Informações pelo telefone 4439-0237 (Centro de Informações Turísticas).

Agenda do dia

Programação principal
11h - Banda Mirim de São Bernardo (Clube União Lyra-Serrano)

13h - Banda Jovem de São Bernardo (Clube União Lyra-Serrano)

13h - Ana Paula Lopes e banda (Viradouro)

14h30 - Kléber Albuquerque, Ceumar, Rubi e Eliana Printes (Clube União Lyra-Serrano)

16h30 - Vanessa da Mata (Viradouro)

18h - Orquestra Filarmônica de São Bernardo (Clube União Lyra-Serrano)

20h - David “Honeyboy” Edwards (Viradouro)

Obs.: para estes shows (exceto os dois primeiros) é necessário trocar um agasalho por um ingresso.

Programação de rua
12h, 15h e 17h - Joca 7 Cordas e Regional Choros e Serestas (Praça de Alimentação)

12h - Fanfarra Parque Andreense (Rua e Itinerante)

13h, 15h e 18h - Grupo Lumem (Palco do Mercado)

14h, 16h - Eureka On The Street (Rua e Itinerante)

19h - Quinzinho Oliveira (Praça de Alimentação)

Como chegar em Paranapiacaba

De carro: Seguir pela Via Anchieta até o Km 29 (placa para Ribeirão Pires), entrar na SP-148 (conhecida como Estrada Velha de Santos) até o Km 33 (Estância Alto da Serra) e pegar a rodovia Índio Tibiriçá (SP-31) até o Km 45,5. Depois, pegar a SP-122 até a Paranapiacaba. Estacionamento com cerca de 1,5 vagas nas proximidades.

De ônibus: Saídas, a cada 40 minutos, do Terminal Rodoviário de Santo André (Tersa), ao lado da Estação de Trem Prefeito Saladino (CPTM), até Paranapiacaba (informações pelo Fone Fácil da Prefeitura de Santo André: 0800 0191944 ou pela Viação Ribeirão Pires, tel.: 4828-4721). Tarifa: R$ 3,20.

De trem/ônibus: Na estação Rio Grande da CPTM pegar ônibus até a Vila. Tarifa integração trem/ônibus: R$ 2,85.


Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Nova MPB na Vila de Paranapiacaba

Gislaine Gutierre
Do Diário do Grande ABC

23/07/2006 | 08:43


Se no fim de semana passado a música black foi destaque da programação do 6º Festival de Inverno de Paranapiacaba, hoje a Vila Ferroviária de Santo André concentra artistas da nova música popular brasileira. Vanessa da Mata é o nome mais festejado, mas como o ecletismo é a marca do evento, o público terá hoje o lendário David “Honeyboy” Edwards, bluesman de 91 anos que se despede dos palcos depois de uma longa trajetória de mais de sete décadas.

Dona de uma cabeleira farta que se transformou numa espécie de “marca registrada” de seu visual, Vanessa da Mata agora percorre o Brasil embalada pelo sucesso de sua canção Ai Ai Ai, tema da moderna personagem Rebeca, vivida por Carolina Ferraz na recente novela Belíssima, da Globo.

Mas o talento desta matogrossense não se resume à composição e interpretação da música famosa. Vanessa é co-autora, com Chico César, de A Força que Nunca Seca, canção gravada por Maria Bethânia no disco de mesmo nome. Ela cantou com Milton Nascimento e participou de um show com Baden Powell.

Em seu novo álbum, Essa Boneca Tem Manual, gravou Ainda Bem e Não Chore Homem e regravou Eu Sou Neguinha, de Caetano, e História de Uma Gata, de Chico Buarque para Os Saltimbancos.

Quem também vai ao Festival disposto a mostrar uma nova faceta da MPB é Kléber Albuquerque. Suas letras poéticas hoje ecoam na voz de várias intérpretes. Uma delas é da amazonense radicada no Rio, Eliana Printes, que participa hoje como convidada cantando Os Presentes.

O objetivo de Kléber é apresentar as músicas de seu quinto disco, Desvio. Levará banda própria e um time de convidados: Ceumar dividirá os vocais em Parede e Meia e O Zabumbeiro do Amor e Rubi cantará Por Onde, Brasa e Ai. Luiz Gayotto participa na percussão.

Para completar, Ana Paula Lopes, que participou do programa Fama, da Globo, desfila um repertório brasileiro, com releituras de compositores como Tom Jobim e Chico Buarque.

A programação fecha com chave de ouro. No Viradouro, será a vez de “Honeyboy” Edwards recontar sua história por meio de cantos e acordes. O bluesman nascido no Delta do Mississipi cresceu com alguns dos principais nomes do blues, como Robert Johnson e Charlie Patton. Acompanhou a evolução do gênero, fez uma incursão pelo Chicago blues e hoje tem um estilo próprio de interpretar, marcado pelo sentimento que essas músicas trazem no palco. Hoje, especialmente, terá a companhia do gaitista da Prado Blues Band, Ivan Márcio. Imperdível.

Entre as atrações do Festival, ainda hoje, há três corporações musicais de São Bernardo: a Banda Mirim, a Banda Jovem e a Orquestra Filarmônica, esta última regida por Daniel Havens. O programa é bem popular: abertura do Festival Acadêmico, de Johannes Brahms; Os Comediantes, de Dmitri Borisovic Kabalevsky; quatro músicas do filme A Missão, de Enio Morricone; a “ Cine Suíte”, com a abertura de Robin Hood e temas de Dança Com Lobos e Parque dos Dinossauros. Por fim, há o famoso tema de E.T. – O Extraterrestre, de John Williams.

6º Festival de Inverno de Paranapiacaba – Hoje e nos dias 29 e 30, a partir das 10h. Informações pelo telefone 4439-0237 (Centro de Informações Turísticas).

Agenda do dia

Programação principal
11h - Banda Mirim de São Bernardo (Clube União Lyra-Serrano)

13h - Banda Jovem de São Bernardo (Clube União Lyra-Serrano)

13h - Ana Paula Lopes e banda (Viradouro)

14h30 - Kléber Albuquerque, Ceumar, Rubi e Eliana Printes (Clube União Lyra-Serrano)

16h30 - Vanessa da Mata (Viradouro)

18h - Orquestra Filarmônica de São Bernardo (Clube União Lyra-Serrano)

20h - David “Honeyboy” Edwards (Viradouro)

Obs.: para estes shows (exceto os dois primeiros) é necessário trocar um agasalho por um ingresso.

Programação de rua
12h, 15h e 17h - Joca 7 Cordas e Regional Choros e Serestas (Praça de Alimentação)

12h - Fanfarra Parque Andreense (Rua e Itinerante)

13h, 15h e 18h - Grupo Lumem (Palco do Mercado)

14h, 16h - Eureka On The Street (Rua e Itinerante)

19h - Quinzinho Oliveira (Praça de Alimentação)

Como chegar em Paranapiacaba

De carro: Seguir pela Via Anchieta até o Km 29 (placa para Ribeirão Pires), entrar na SP-148 (conhecida como Estrada Velha de Santos) até o Km 33 (Estância Alto da Serra) e pegar a rodovia Índio Tibiriçá (SP-31) até o Km 45,5. Depois, pegar a SP-122 até a Paranapiacaba. Estacionamento com cerca de 1,5 vagas nas proximidades.

De ônibus: Saídas, a cada 40 minutos, do Terminal Rodoviário de Santo André (Tersa), ao lado da Estação de Trem Prefeito Saladino (CPTM), até Paranapiacaba (informações pelo Fone Fácil da Prefeitura de Santo André: 0800 0191944 ou pela Viação Ribeirão Pires, tel.: 4828-4721). Tarifa: R$ 3,20.

De trem/ônibus: Na estação Rio Grande da CPTM pegar ônibus até a Vila. Tarifa integração trem/ônibus: R$ 2,85.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;