Fechar
Publicidade

Sábado, 4 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Carlos Grana admite disputa aberta pela vice

Prefeito de Sto.André elogia Oswana, mas não garante repetição da chapa: ‘Não há prato feito’


Vitória Rocha
Especial para o Diário

01/04/2016 | 07:00


Em evento realizado ontem no Teatro Municipal, o prefeito de Santo André, Carlos Grana (PT), admitiu, pela primeira vez, que a vaga de vice pode não ficar com Oswana Fameli (PMB), atual vice-prefeita e que ontem deixou oficialmente a Pasta de Desenvolvimento Econômico para estar apta à eleição.

“Oswana está se afastando porque é uma das pré-candidatas a vice. É medida no sentido de estar em condições (de assumir o posto). Mas isso nós vamos decidir mais para frente, com os outros dez ou 11 partidos que vão compor essa frente”, disse Grana.

Segundo o prefeito, já cravar a recondução da número dois do Paço diminuiria as possibilidades eleitorais no momento. “Estamos fazendo da mesma forma como tratamos no passado, em que havia vários pré-candidatos mesmo com poucos partidos. Não podemos vir com o prato feito”, declarou.

Nos bastidores políticos do petismo, dois nomes, além do de Oswana, são especulados: os vereadores José de Araújo (PSD) e Roberto Rautenberg (PRB). Anteriormente, Grana defendia publicamente a manutenção da chapa vencedora em 2012.

Apesar da afinidade entre a vice e o prefeito ao longo de três anos de gestão, para Grana ainda podem acontecer muitas “surpresas” em Santo André”. “Estar em um projeto político é como estar em um time de futebol: tem de estar pronto para que o treinador defina as funções. O importante é fazer parte do time.”

Segundo Oswana, as nomeações como vice e como secretária não foram esperadas, mas os cargos resultaram em “muito aprendizado”. “Fizemos trabalho pensando no futuro econômico da cidade, com projetos que deixamos para serem continuados. Estou me desligando porque eu acredito neste projeto (de reeleição do Grana) e por isso me coloco à disposição para continuidade.”

O prefeito também confirmou a saída de outros quatro integrantes do primeiro e segundo escalões do governo por conta da eleição, como antecipou o Diário. A titular de Esportes, Marta Sobral (PDT), o secretário adjunto de Paranapiacaba, Fabrício França (PT), e o diretor de serviços sólidos da Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André), Edi Ferreira dos Santos (PT), se desligaram ontem de suas funções para concorrerem a vaga no Legislativo e o secretário de Mobilidade Urbana, Obras e Serviços Públicos, Carlos Sanches, o Carlão (PT), deixará sua ocupação para ser coordenador geral da campanha majoritária de reeleição de Grana.

A data da saída de Carlão e seu substituto, no entanto, ainda não foram definidos. Os adjuntos Cláudia Medeiros Martins, na Pasta do Esporte, e Ronaldo Tadeu Ávila, em Desenvolvimento Econômico, assumem os postos em aberto nas respectivas secretarias. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Carlos Grana admite disputa aberta pela vice

Prefeito de Sto.André elogia Oswana, mas não garante repetição da chapa: ‘Não há prato feito’

Vitória Rocha
Especial para o Diário

01/04/2016 | 07:00


Em evento realizado ontem no Teatro Municipal, o prefeito de Santo André, Carlos Grana (PT), admitiu, pela primeira vez, que a vaga de vice pode não ficar com Oswana Fameli (PMB), atual vice-prefeita e que ontem deixou oficialmente a Pasta de Desenvolvimento Econômico para estar apta à eleição.

“Oswana está se afastando porque é uma das pré-candidatas a vice. É medida no sentido de estar em condições (de assumir o posto). Mas isso nós vamos decidir mais para frente, com os outros dez ou 11 partidos que vão compor essa frente”, disse Grana.

Segundo o prefeito, já cravar a recondução da número dois do Paço diminuiria as possibilidades eleitorais no momento. “Estamos fazendo da mesma forma como tratamos no passado, em que havia vários pré-candidatos mesmo com poucos partidos. Não podemos vir com o prato feito”, declarou.

Nos bastidores políticos do petismo, dois nomes, além do de Oswana, são especulados: os vereadores José de Araújo (PSD) e Roberto Rautenberg (PRB). Anteriormente, Grana defendia publicamente a manutenção da chapa vencedora em 2012.

Apesar da afinidade entre a vice e o prefeito ao longo de três anos de gestão, para Grana ainda podem acontecer muitas “surpresas” em Santo André”. “Estar em um projeto político é como estar em um time de futebol: tem de estar pronto para que o treinador defina as funções. O importante é fazer parte do time.”

Segundo Oswana, as nomeações como vice e como secretária não foram esperadas, mas os cargos resultaram em “muito aprendizado”. “Fizemos trabalho pensando no futuro econômico da cidade, com projetos que deixamos para serem continuados. Estou me desligando porque eu acredito neste projeto (de reeleição do Grana) e por isso me coloco à disposição para continuidade.”

O prefeito também confirmou a saída de outros quatro integrantes do primeiro e segundo escalões do governo por conta da eleição, como antecipou o Diário. A titular de Esportes, Marta Sobral (PDT), o secretário adjunto de Paranapiacaba, Fabrício França (PT), e o diretor de serviços sólidos da Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André), Edi Ferreira dos Santos (PT), se desligaram ontem de suas funções para concorrerem a vaga no Legislativo e o secretário de Mobilidade Urbana, Obras e Serviços Públicos, Carlos Sanches, o Carlão (PT), deixará sua ocupação para ser coordenador geral da campanha majoritária de reeleição de Grana.

A data da saída de Carlão e seu substituto, no entanto, ainda não foram definidos. Os adjuntos Cláudia Medeiros Martins, na Pasta do Esporte, e Ronaldo Tadeu Ávila, em Desenvolvimento Econômico, assumem os postos em aberto nas respectivas secretarias. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;