Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 1 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

|

A vida é dura

No domingo, o teatro do Cenforpe, em São Bernardo, recebeu evento em homenagem a Mamãe Clory, que morreu em 2011


Beto Silva
Do Diário do Grande ABC

24/03/2016 | 07:00


No domingo, o teatro do Cenforpe, em São Bernardo, recebeu evento em homenagem a Mamãe Clory, que morreu em 2011. Foi uma das mais importantes pessoas na área de assistência social do Grande ABC. Deixou pelo menos 1.000 filhos entre biológicos e adotivos, além de cerca de 300 netos, 60 bisnetos e 32 tataranetos. Antes da apresentação do grupo Demônios da Garoa, o prefeito Luiz Marinho (PT) resolveu discursar para o público que lotou as dependências do Centro de Formação dos Profissionais da Educação. O chefe do Executivo resolveu dar pitaco sobre o cenário político nacional e defender o PT. Recebeu uma sonora vaia. Tentou persistir, mas diante da rejeição persistente, logo encerrou sua fala e foi embora discretamente. Sequer conseguiu apresentar o secretário de Serviços Urbanos, Tarcisio Secoli (PT), que será candidato ao Paço e representará o governo petista na eleição de outubro. Não ficou para escutar a música A Vida é Dura, do grupo paulistano que diz mais ou menos assim: “Conheço um cara que só fala em se dar bem/Mas sempre dá mancada/Vive dizendo que cansou de ver o jogo da arquibancada/Mas, quando ele quer a bola, toda vez entra de sola/Sempre cheio de armação e cria muita confusão/Parece até que sabe tudo, mas, no fundo, ele não sabe nada”.

Bullying
<EM>Em sessão solene na Câmara de Santo André, alusiva aos 94 anos do PCdoB, o deputado estadual Luiz Turco (PT) levantou debate sobre ‘bullying político-partidário’. Segundo o petista, uma escola particular da cidade, que tem as cores azul e branca, orientou os alunos a comparecerem de preto após as manifestações do dia 13 em todo o Brasil que pediam a saída da presidente Dilma Rousseff (PT). De acordo com o parlamentar, os estudantes que não aderiram foram criticados. Agora, Turco quer levantar essa bandeira de reflexão.

Vestiu a camisa
Na sessão de terça-feira em Mauá, o vereador Alberto Betão Pereira Justino (PTB) assumiu papel de destaque. Houve polêmica na votação de projeto do governo que prevê a possibilidade de mais taxistas atuarem na cidade. Na própria base aliada não havia consenso. Quem fez o papel de defensor da proposta foi o petebista. O líder do governo, José Luiz Cassimiro (PT), sequer levantou da cadeira. Betão é favorito para ser candidato a vice na chapa de reeleição do prefeito Donisete Braga (PT).

Sem apoio, sem vice
Ainda sem apoio de partidos, o PRB de Santo André, que lançará candidatura de Roberto Rautenberg ao Paço, sinaliza que efetivará chapa pura. Mas nenhum nome, por enquanto, está colocado. Isso porque ainda há descrédito sobre a efetividade do projeto dos republicanos. Embora o presidente municipal da sigla, Ronaldo de Castro, garanta que haverá chapa majoritária.

Maluf fora da lista
O nome do deputado Paulo Maluf (PP) não está na lista da Odebrecht. Estão todos no aguardo de alguma declaração polêmica acerca do assunto. A última delas foi no dia 14, quando afirmou: “Uns me acusam de estar com o PT, outros com o PSDB, mas digo em alto e bom som: não estou com nenhum dos dois. Fiz o dobro que os dois somados e aceito o desafio de comparar quem fez mais. Meu partido se chama São Paulo”. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

A vida é dura

No domingo, o teatro do Cenforpe, em São Bernardo, recebeu evento em homenagem a Mamãe Clory, que morreu em 2011

Beto Silva
Do Diário do Grande ABC

24/03/2016 | 07:00


No domingo, o teatro do Cenforpe, em São Bernardo, recebeu evento em homenagem a Mamãe Clory, que morreu em 2011. Foi uma das mais importantes pessoas na área de assistência social do Grande ABC. Deixou pelo menos 1.000 filhos entre biológicos e adotivos, além de cerca de 300 netos, 60 bisnetos e 32 tataranetos. Antes da apresentação do grupo Demônios da Garoa, o prefeito Luiz Marinho (PT) resolveu discursar para o público que lotou as dependências do Centro de Formação dos Profissionais da Educação. O chefe do Executivo resolveu dar pitaco sobre o cenário político nacional e defender o PT. Recebeu uma sonora vaia. Tentou persistir, mas diante da rejeição persistente, logo encerrou sua fala e foi embora discretamente. Sequer conseguiu apresentar o secretário de Serviços Urbanos, Tarcisio Secoli (PT), que será candidato ao Paço e representará o governo petista na eleição de outubro. Não ficou para escutar a música A Vida é Dura, do grupo paulistano que diz mais ou menos assim: “Conheço um cara que só fala em se dar bem/Mas sempre dá mancada/Vive dizendo que cansou de ver o jogo da arquibancada/Mas, quando ele quer a bola, toda vez entra de sola/Sempre cheio de armação e cria muita confusão/Parece até que sabe tudo, mas, no fundo, ele não sabe nada”.

Bullying
<EM>Em sessão solene na Câmara de Santo André, alusiva aos 94 anos do PCdoB, o deputado estadual Luiz Turco (PT) levantou debate sobre ‘bullying político-partidário’. Segundo o petista, uma escola particular da cidade, que tem as cores azul e branca, orientou os alunos a comparecerem de preto após as manifestações do dia 13 em todo o Brasil que pediam a saída da presidente Dilma Rousseff (PT). De acordo com o parlamentar, os estudantes que não aderiram foram criticados. Agora, Turco quer levantar essa bandeira de reflexão.

Vestiu a camisa
Na sessão de terça-feira em Mauá, o vereador Alberto Betão Pereira Justino (PTB) assumiu papel de destaque. Houve polêmica na votação de projeto do governo que prevê a possibilidade de mais taxistas atuarem na cidade. Na própria base aliada não havia consenso. Quem fez o papel de defensor da proposta foi o petebista. O líder do governo, José Luiz Cassimiro (PT), sequer levantou da cadeira. Betão é favorito para ser candidato a vice na chapa de reeleição do prefeito Donisete Braga (PT).

Sem apoio, sem vice
Ainda sem apoio de partidos, o PRB de Santo André, que lançará candidatura de Roberto Rautenberg ao Paço, sinaliza que efetivará chapa pura. Mas nenhum nome, por enquanto, está colocado. Isso porque ainda há descrédito sobre a efetividade do projeto dos republicanos. Embora o presidente municipal da sigla, Ronaldo de Castro, garanta que haverá chapa majoritária.

Maluf fora da lista
O nome do deputado Paulo Maluf (PP) não está na lista da Odebrecht. Estão todos no aguardo de alguma declaração polêmica acerca do assunto. A última delas foi no dia 14, quando afirmou: “Uns me acusam de estar com o PT, outros com o PSDB, mas digo em alto e bom som: não estou com nenhum dos dois. Fiz o dobro que os dois somados e aceito o desafio de comparar quem fez mais. Meu partido se chama São Paulo”. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;